Pandemia: CRM-PB afirma que médicos estão adoecendo da alma e chegam a pensar em suicídio

Da Redação*. Publicado em 24 de março de 2021 às 12:24.

Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress

Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress

O vice-presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), Antônio Henriques, afirmou que muitos médicos têm adoecido da “doença da alma” e alguns têm tido pensamento suicida por conta da carga horária de trabalho excessiva durante a pandemia, o convívio com pacientes graves e com os óbitos diários em decorrência da Covid-19.

Segundo Antônio, a pandemia tem causado muitos danos aos profissionais de saúde, que têm apresentado quadros de depressão e ansiedade. Ele ainda citou que 37 médicos já faleceram no Estado, o que é um dado preocupante diante do tamanho da Paraíba.

O médico destacou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que as pessoas parecem não querer respeitar o distanciamento social, medida tão importante para combater a transmissão pelo novo coronavírus.

– Estamos muito preocupados com isso tudo e rogamos a Deus para que venham vacinas suficientes para que possamos passar pela pandemia – disse.

Antônio citou a campanha “Médicos contra o coronavírus”, promovida pelo CRM-PB, que consiste em enviar equipes para percorrer municípios e diagnosticar a realidade da saúde da Paraíba.

Ele disse que, além da percepção de que muitos profissionais da saúde estão adoecendo, houve a constatação do maior problema de todos, que é a superlotação, e a dificuldade de fornecimento de oxigênio, como foi presenciado na UPA de Cajazeiras.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube