No Dia Mundial da Água, especialista reforça necessidade do uso consciente do recurso

Da Redação*. Publicado em 22 de março de 2021 às 9:05.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Neste 22 de março é comemorado o Dia Mundial da Água, que foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O especialista em recursos hídricos Isnaldo Costa destacou a necessidade de as pessoas entenderem que a água é um bem finito e que todo cuidado é preciso para que ela não venha a faltar.

Ele citou, durante entrevista à Rádio Campina FM, que a tubulação existente na Paraíba “é caduca e precisa sempre de manutenções”, revelando a necessidade de modernização por parte dos gestores.

A respeito da transposição do Rio São Francisco, Isnaldo destacou a obra como “grandiosa, magnífica, mas inacabada”. Ele frisou que é fundamental que o comitê de bacias da região do Rio Paraíba funcione fora da teoria e faça planejamentos para que haja gestão.

Segundo o especialista, o Açude de Boqueirão está atualmente com 48% de sua capacidade hídrica e, a depender do inverno, é preciso acionar um alerta.

– A água é um bem finito, limitado e frágil. As pessoas às vezes esquecem o legado, um legado muito forte como foi o de 2017. Começa a chover e as pessoas acham que está tudo dentro da normalidade. A cada dia os problemas vão se avolumando, a população vai crescendo e os gargalos não se resolvem do dia para a noite – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube