Mulher é presa em CG suspeita de matar companheira com 95 facadas

Da Redação. Publicado em 22 de março de 2021 às 17:46.

Uma mulher de 45 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (22), no bairro Vila Cabral de Santa Terezinha, em Campina Grande, suspeita de matar com 95 facadas a própria companheira, de 35 anos, no último sábado (20), no bairro Gramame, em João Pessoa.

De acordo com informações concedidas pela Polícia Civil, após ser presa, a mulher confessou ter matado a vítima, com quem estava há 5 anos. Ela alegou que a motivação seria estar sofrendo ameaças e chantagens há 2 anos, além de ser dopada.

As ameaças seriam de a entregá-la à Polícia, uma vez que a suspeita tinha um mandado de prisão em aberto por um homicídio cometido no Estado do Rio Grande do Norte.

Ela estava hospedada em uma pousada de Campina após fugir de João Pessoa. Ainda na Rainha da Borborema, o mandado de prisão foi cumprido e, em seguida, ela foi levada à capital para ser autuada pelo novo homicídio.

Foto: Reprodução/TVPB

Foto: Reprodução/TVPB

Outro ponto que também será investigado é a possibilidade de a suspeita ter dopado a mãe idosa da vítima e o sobrinho de 7 anos. No dia do crime, testemunhas informaram que eles estavam passando mal após consumirem café com leite e suco de maracujá.

A polícia apontou que no local foram encontradas diversas embalagens de remédios que podem ter sido utilizados para dopar e/ou envenená-los. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro as vítimas.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube