Fechar

logo

Fechar

Mais de 200 medidas protetivas foram solicitadas por mulheres em Campina Grande

Da Redação. Publicado em 8 de março de 2021 às 18:45.

Foto: Marcos Santos/USP

Foto: Marcos Santos/USP

O juiz Antônio Gonçalves informou nesta segunda-feira(8), durante entrevista a uma emissora de rádio, que mais de 200 medidas protetivas foram determinadas pelo Juizado da Violência Doméstica em Campina Grande.

As medidas protetivas são mecanismos de proteção para as mulheres que estejam em situação de risco.

– Temos do dia 1 de janeiro até hoje 208 medidas protetivas que foram ajuizadas. Isso significa dizer que são 208 mulheres que requerem uma cautelar de urgência para que tenha a garantia de sua integridade física, emocional, sexual, patrimonial e moral. São procedimentos urgentes em que determinamos o afastamento do agressor, a proibição que ele se aproxime ou mantenha comunicação- explicou.

Em caso de descumprimento da medida protetiva, o agressor pode ser preso.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube