Fechar

logo

Fechar

João Pessoa será a primeira do Nordeste a implantar ferramenta para modernizar construção civil

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 3 de março de 2021 às 15:04.

A prefeitura de João Pessoa vai ser a primeira do Nordeste a implantar o Building Information Modeling (BIM) ou Modelagem da Informação da Construção, que vai permitir a modernização dos projetos de construção civil e arquitetura da gestão municipal.

Na tarde dessa terça-feira (2), servidores das Secretarias de Planejamento, Habitação, Infraestrutura, além de engenheiros das pastas da Saúde e da Educação foram apresentados ao novo sistema.

A implantação do BIM obedece ao decreto nº 9.377/18, do governo federal, que entrou em vigor em setembro de 2020 e tem a finalidade de promover um ambiente adequado ao investimento nesse tipo de tecnologia.

Segundo o secretário de Planejamento do Município (Seplan), José William Montenegro, que participou da reunião na sede da Unidade Executora do Projeto João Pessoa Sustentável (UEP), o sistema usado atualmente pela Prefeitura foi implantado de 1999 a 2001 e está desatualizado.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

“A gente tem que tirar João Pessoa desse marasmo. A ideia do prefeito é que João Pessoa esteja na palma da mão”, afirmou.

A implantação do BIM faz parte do processo de modernização da gestão previsto pelo Programa João Pessoa Sustentável. O objetivo é validar o sistema para o Habite-se, uma certidão expedida pela Prefeitura para atestar que determinado imóvel pode ser habitado e está dentro das exigências legais previstas, inclusive, no Plano Diretor. Outra finalidade é tornar o BIM um programa de Estado para que esse tipo de tecnologia seja obrigatória daqui pra frente, independentemente de quem esteja no comando do Executivo Municipal.

O BIM promete revolucionar os projetos de construção e arquitetura na Capital. É um novo conceito e uma grande tendência no mundo, porque trabalha com modelagens 3D e promove integração de informações que possibilitam ampla visão do empreendimento e otimizam resultados.

Este conceito vai atender à demanda por melhores experiências na execução de projetos, porque minimiza erros, aumenta a produtividade das equipes e garante, além de qualidade da obra, lucratividade.

A intenção da Prefeitura é que até o fim do ano a ferramenta esteja em pleno funcionamento.

O investimento previsto é de aproximadamente 100 mil dólares. Além da implantação de sistemas, também haverá capacitação de servidores.

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, determinou à Secretaria de Ciência e Tecnologia que procure fazer parcerias com instituições de ensino capazes de criar e oferecer cursos de BIM para engenheiros, arquitetos e demais profissionais que trabalham com construção.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube