Governador define regras para vacinação de profissionais da Segurança Pública

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 31 de março de 2021 às 15:14.

O governador João Azevêdo determinou, nesta quarta-feira (31), a criação de uma Comissão, que será composta por representantes das Secretarias de Estado da Saúde e da Segurança e da Defesa Social, para organizar a vacinação dos profissionais da Segurança Pública incluídos pelo Ministério da Saúde no grupo das “prioridades das prioridades” do Plano Nacional de Imunização (PNI).

A medida atende a um pleito dos governadores do Nordeste que solicitaram ao governo federal a inclusão das forças de Segurança como prioridade na vacinação contra a Covid-19.

Os gestores também reivindicaram a imunização dos profissionais da Educação o mais breve possível.

O governador João Azevêdo agradeceu ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, por atender o pedido dos governadores do Nordeste.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

“Agradecemos ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pela sensibilidade para uma demanda tão importante, incluindo os profissionais da Segurança Pública que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. Criamos uma comissão com Segurança e Saúde para estabelecer as regras para essa vacinação na Paraíba”, frisou.

Neste primeiro momento, serão imunizados os trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar, nas ações diretas de vacinação contra a Covid-19 e na vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria.

Os demais trabalhadores da Segurança Pública que não se enquadrarem nestas atividades deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube