Fechar

logo

Fechar

Governador da Paraíba: “Estamos vivendo hoje o pior momento da pandemia”

Da Redação*. Publicado em 11 de março de 2021 às 10:11.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O governador João Azevêdo (Cidadania) afirmou que os países que estão saindo da segunda onda da pandemia entenderam que era preciso se isolar e se proteger. Ele destacou que esta onda está sendo muito mais forte e a população precisa entender que deve seguir as recomendações das entidades sanitárias.

Segundo Azevêdo, estamos vivendo hoje o pior momento da pandemia e “atingimos um recorde trágico de 50 mortes” em 24 horas. Ele frisou que o novo coronavírus apresenta novas cepas e a transmissão está acontecendo de forma muito mais rápida.

O governador ressaltou, durante entrevista à Rádio Campina FM, que a grande esperança é a vacina e a luta maior é no sentido de garantir, com maior celeridade, imunização para todos.

Ele classificou como “atitude inconsequente” a realização de baladas para a sensação momentânea de felicidade, quando a contaminação ocorre em grande escala nesses espaços e traz consequências muito sérias. Também pediu que as pessoas tenham consciência, se protejam e protejam o próximo ao utilizar máscara e álcool em gel.

– Estados já estão colapsando o sistema. Em São Paulo tem pessoas morrendo porque não conseguem um leito, e não queremos que isso aconteça com a Paraíba. Temos a convicção que até o final do ano teremos uma outra condição, entretanto, é preciso um esforço ainda maior por parte de todos nós. Será impossível vencer essa luta se a população não entender que máscara e distanciamento social salvam – pontuou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube