Governador cobra de Campina Grande “maturidade administrativa”

Da Redação. Publicado em 26 de março de 2021 às 17:13.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O governador João Azevêdo (Cidadania) considerou que “maturidade administrativa e pensar grande” são aspectos fundamentais para que Campina Grande tenha uma relação convergente com o Governo do Estado.

Ele destacou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que não adianta focar em discussões, pois a população deseja receber o mais importante neste momento, que é a vacina contra a Covid-19.

– Temos que entender que em uma pandemia dessa não temos que pensar única e exclusivamente olhando para as fronteiras de um município – disse.

João lembrou que “a responsabilidade de João Pessoa e de Campina Grande é muito grande nessa pandemia” e disse que as cidades recebem recursos para atuar no combate à Covid-19.

O gestor citou ainda que os recursos que chegam para o Estado e para os municípios de João Pessoa e Campina Grande são desproporcionais, onde, em 2020, João Pessoa recebeu R$580 milhões, Campina Grande recebeu R$313 milhões e o Estado recebeu R$347 milhões para tomar conta de 33 hospitais e 4 Upas.

– O Estado está buscando fazer o seu papel e cada município tem que buscar fazer o seu papel. Não têm motivos para estar discutindo polêmicas que não levam a nada. A população quer vacina no braço, não quer vacina na geladeira ou em armário – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube