Fechar

logo

Fechar

Deputado disputará o Senado com ou sem o apoio do governador

Da Redação. Publicado em 17 de março de 2021 às 19:04.

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

O deputado Efraim Filho, líder do Democratas na Câmara Federal, afirmou na noite desta terça-feira, na TV Itararé (canal 18.1), que já tomou a decisão de disputar uma cadeira no Senado (a única no próximo ano) pela Paraíba em 2022.

Com a decisão já consolidada, Efraim disse que “trabalho com todos os cenários”, ao ser lembrado que existem muitos postulantes a essa vaga na chapa a ser liderada pelo governador João Azevedo (Cidadania) na (provável) disputa pela reeleição. 

O demista sublinhou que conta, já na largada, com a retaguarda de 38 prefeitos e que, no campo das hipóteses, estão postas no ´xadrez´ político estadual as postulações para o governo do ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD) e dos senadores Veneziano Vital (MDB) e Daniella Ribeiro (PP). 

O deputado abominou a polarização política em voga há anos na Paraíba: “É um rame-rame tupiniquim, que não leva a nada. Chega desse jogo quanto pior, melhor”. Bradou.

Instado a falar sobre as ásperas críticas da bancada do seu partido na Câmara Municipal de Campina Grande ao governador João Azevedo, Morais respondeu que “a realidade local deve ser respeitada”.

A certa altura de sua participação no programa ´Ideia Livre´, Efraim acentuou que o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), “é meu amigo. Temos uma relação de amizade e de convivência”.

“Agora, isso não significa aliança nem alinhamento para o futuro”, ressalvou. 

*Com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a coluna completa desta quarta-feira, acesse aqui:

Candidatura ´na praça´ – Paraíba Online (paraibaonline.com.br) 

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube