Conselho de Secretarias de Saúde constata equívoco na quantidade de vacinas para João Pessoa

Da Redação*. Publicado em 25 de março de 2021 às 10:18.

Paraíba Online • Conselho de Secretarias de Saúde constata equívoco na quantidade de vacinas para João Pessoa

Foto: Ascom

Em entrevista à rádio Caturité FM, nesta quinta-feira, 25, a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba, Soraya Galdino, apontou que, por conta de um equívoco na interpretação de uma decisão judicial, houve um erro no quantitativo de doses de vacinas contra a Covid-19 destinadas ao município de João Pessoa.

Para relembrar os leitores, até a chegada da quinta remessa de imunizantes, estavam sendo vacinados idosos e profissionais de saúde que trabalham na linha de frente da Covid-19.

A partir da sexta, os Ministérios Públicos Estadual e Federal determinaram, baseados no índice de mortalidade de pessoas de mais idade, que fosse priorizada a vacinação desse público.

O município de João Pessoa recorreu dessa decisão e conseguiu uma liminar que permitia que, do quantitativo geral, 6% fosse destinado à vacinação dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente da capital.

Segundo Soraya, o equívoco está no fato de que “o município de João Pessoa deveria separar 6% do quantitativo de doses para os profissionais do montante já determinado para a cidade e não do que seria distribuído para os outros 222 municípios”, contou.

A presidente explicou que a própria Secretaria de Estado da Saúde já reconheceu o erro. Diante disso, haverá uma reposição de doses nas próximas remessas.

– Nas décima e décima primeira remessas de vacinas, o município de João Pessoa terá que fazer uma compensação dessas doses que foram usadas indevidamente. São 11 mil vacinas que foram tiradas dos lotes que seriam enviados aos demais municípios e que serão repostas – comentou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube