Campina Grande tem saldo positivo de empregos formalizados no mês de janeiro

Codecom/CG. Publicado em 24 de março de 2021 às 22:08.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Campina Grande começou 2021 com saldo positivo na geração de empregos com carteira de trabalho assinada. Em janeiro, esse saldo ficou positivo em 205 vagas, número maior que a média geral do estado da Paraíba, que teve um saldo negativo de menos 174 empregos.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na terça-feira da semana passada (16 de março) pelo Ministério da Economia.

O saldo positivo em 205 vagas, obtido em janeiro deste ano, é resultado das 2.456 admissões e das 2.251 demissões registradas no mês. Nesta ordem positiva dos resultados, os setores da economia em Campina Grande tiveram a seguinte média: construção (saldo de 102 vagas), comércio (82) e serviços (61).

Com relação ao comércio varejista, a cidade vem recebendo investimentos neste setor mesmo durante o período de pandemia da covid-19.

A coordenadora do Sine Municipal, Soraya Brasileiro, ressaltou que estão sendo criadas, pela atual gestão, plataformas voltadas para o crescimento no número de cursos de qualificação on-line para os trabalhadores do comércio.

“Em parceria com as secretarias municipais, além do Sebrae e Senai, entre outras instituições, temos o intuito de identificar o trabalho informal na cidade para, posteriormente, formalizar e qualificar. Assim, podemos aquecer os setores de trabalho em Campina Grande”, disse Soraya Brasileiro.

Os investimentos e o resultado do Caged consolidam a retomada da empregabilidade em Campina Grande, que começou em meados do ano passado, após o forte impacto da pandemia da covid-19 na economia e nos empregos formais em todo o Brasil. O município fechou o ano de 2020 com um saldo positivo de 6.492 empregos com carteira assinada.

“Esses números nos deixam muito contentes em um momento de enfrentamento de situações difíceis no mercado de trabalho. Os dados reforçam o movimento de recuperação econômica da cidade, mesmo sob os efeitos da covid-19. E o Sine Municipal não está medindo esforços para fazer o setor de trabalho crescer na cidade, sem descuidar da questão da saúde”, frisou Soraya.

Oportunidades – O levantamento das vagas oferecidas pelo Sine mostra que as oportunidades foram abertas, principalmente, para quem tem ensino médio completo, com experiência de pelo menos seis meses nas suas respectivas áreas de atuação. Esses são mais da metade dos casos de oferecimento de vagas pelos empregadores em Campina Grande.

Paraíba – Contando os 223 municípios, a Paraíba fechou janeiro com saldo negativo em menos 174 postos de trabalho com carteira assinada, contando com a média geral de 11.857 admissões e 12.031 demissões.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube