Fechar

logo

Fechar

Sindicalista Antonio Pereira: Ao amigo Assis Costa

Da Redação. Publicado em 16 de fevereiro de 2021 às 21:11.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Nós do fisco perdemos uma um colega de personalidade integral. Desde que entrou no fisco Assis Costa mostrou-se fiel às bandeiras de luta da categoria, especialmente, em favor dos auditores de mercadorias em trânsito. Dou testemunho como todos os colegas reconhecem esse lado importante da vida de Assis. 

Homem do “sim, sim-não, não”. Mostrou-se autêntico em tudo que fazia: pela religião, pela família, pelo fisco, para o jornalismo, pela música nordestina e, na política. 

Exercia bem suas posições, paixões, suas críticas, ironias e gozações: com tudo e com todos. Não tinha língua refreada para comportamentos que detestasse, bem como não tinha limites para enaltecer os valores que defendia. 

O Nordeste foi seu universo e a nossa gente sua razão de viver. Era um nordestino autêntico que melhor se expressa pela nossa música. Estudioso e de boa memória, tornou-se um imortal nesse aspecto.  

Gente da gente, dominava os detalhes das músicas, das letras e inspirações: nome, sobrenome, cenários, datas, locais, gravadoras, sucessos, regravação… E tudo nos era contado, compartilhado e imitado ao som de belíssimas gargalhadas, sob os olhares, admirações e aprovações de nossa parte, privilegiados amigos de assembleias e amigos das viagens. 

Ah! Assis. Tu vai fazer uma falta de lascar daqui pra frente! 

Com certeza, Assis Costa deixou sua grande contribuição com a construção da história do Fisco paraibano e, em particular, com a nossa representação classista, o SINDIFISCO. Tal qual São Paulo, combateu o bom combate e, agora é repousar em paz. Continua com Deus. 

Aos familiares, meus votos de sentimentos e, de certo, de toda família fiscal paraibana. 

Antonio Pereira (foto)

Colega do fisco paraibano. 

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube