Fechar

logo

Fechar

Rede Globo confirma fim do humorístico Zorra

Da redação com Folhapress. Publicado em 18 de fevereiro de 2021 às 8:59.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

LEONARDO VOLPATO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Após seis temporadas, o humorístico Zorra (Globo) chegou ao fim no dia 5 de dezembro de 2020. Além da tristeza dos fãs e do elenco, ficou também o lamento pela falta de uma despedida à altura do programa. “Foi frustrante. Um programa normal”, afirma a atriz Renata Castro Barbosa, 47.

“O programa não teve uma despedida ao público como sempre acontece no último mês da temporada. Tive de dar tchau aos meus companheiros de cena pelo celular”, revela a atriz Renata Castro Barbosa, 47, que esteve no Zorra desde o começo e agora vê seu futuro na emissora incerto.

Para ela, quem mais perde é o público, pois o humor político que programa era uma maneira de “ver os políticos apanhando”. “Mas não volta mais. Estão projetando algo novo, mas ainda não faço ideia do que é nem se eu estarei nele. Meu contrato vai até outubro de 2021. Pode ser que eu migre às novelas”, comenta.

Segundo a atriz, todos do elenco sabiam que gravavam os episódios finais do Zorra. Porém, ela conta, havia um fio de esperança de que a alta cúpula mudasse de ideia e a atração seguisse na grade da Globo por causa da boa repercussão. “Era todo mundo muito junto, nosso grupo era uma família, estranho não poder se despedir. Foi como a perda de um filho.”

O fim do Zorra acontece justamente após uma denúncia explodir no Projac. O ator e ex-diretor Marcius Melhem, 48, foi acusado pela atriz Dani Calabresa, 39, e outras mulheres de abuso moral e sexual. Melhem foi desligado da Globo e o caso segue sob investigação. Sem entrar no mérito sobre o acontecimento em questão, Renata Castro conta que a vida seguiu andando.

“Para nós do elenco, todas as mudanças que ocorreram no topo dessa pirâmide não interferiram em nosso trabalho. Não deixamos de ter nada, só não continuamos e já sabíamos disso. Na época alguns veículos de imprensa disseram que nós havíamos sido pegos de surpresa pelo encerramento. Não, nós sabíamos que acabaria dia 5 de dezembro. Mas queríamos um episódio de despedida. Foi uma choradeira só quando terminou.”

Como prova dessa união da equipe do Zorra, parte dela tem desenvolvido um novo projeto, que a princípio deve ser vendido para a própria Globo. Trata-se de uma série que ainda está em fase inicial. “Era para ser uma peça, mas estamos adaptando para série. Não tem a ver com pandemia. As gravações nem começaram. Sabendo a plataforma para onde irá e as maneiras de gravar, evoluiremos nesse processo.”

Enquanto o projeto segue na expectativa, a atriz afirma que o ano de 2021 está muito incerto profissionalmente. “Não deu para planejar, planejei 2020 e foi tudo ao contrário. Tenho os pés no chão. Não sabemos o que vamos fazer. Cultura sofreu muito na pandemia”, avalia a atriz, que continua nas esquetes de “Maurício e Bia” que ela contracena pelas redes sociais com o namorado, Léo Castro, 38.

VOLTA ÀS NOVELAS
Enquanto a atriz Renata Castro Barbosa vai tentando entender e projetar o seu futuro em meio a um cenário de tantas incertezas na TV, vai alimentando também na mente a vontade de voltar às novelas. Seu último trabalho com um personagem com começo, meio e fim foi em “Amor à Vida” (Globo, 2013).

“Me brilha os olhos voltar às novelas, tenho muita saudade. Como eu vim do teatro, há um bichinho dentro de mim que me puxa para esse lado da dramaturgia. Gosto de contar histórias, acompanhar as reviravoltas que o personagem dá e as mudanças do autor. Adoraria que alguém dissesse que eu faria uma grande vilã de perder o sono”, comenta ela.

Com contrato válido com a Globo até outubro, Renata diz que os convites não precisam ficar condicionados à emissora em que está hoje. “Independentemente de canal, se a Globo não me usar eu posso ir a qualquer lugar, para o streaming, por exemplo. Gosto de trabalhar, criar e fazer algo onde sou valorizada”, reforça.

Apesar de Renata não atuar em novelas há oito anos, seu trabalho continua no ar. No Globoplay, várias novelas e projetos dela têm sido reprisados, tais como “Caça Talentos” (1996), “Vale Tudo” (1988) e “Tieta” (1989), além da série de humor “A Diarista” (1996).

“Eu estou bombando, sou um sucesso, só que bem mais jovem”, diverte-se. “A ‘Tieta’ eu vi inteira com meu filho [João, 15]. Nessa novela eu tinha a idade dele praticamente. Foi nela que eu dei meu primeiro beijo com o Danton Mello, e o João achou engraçado a ingenuidade da personagem”, comenta.

E por falar no filho, Renata afirma que ele poderá seguir os passos dela e do pai, o também ator e roteirista Bruno Mazzeo, 43. “Ele quer ser roteirista. Cresceu no meio disso. Mas eu nunca forcei a barra. Apesar de ele ter feito participações no ‘Junto e Misturado’ [2010-2013], quer ir pelo lado da escrita. Ele escreve algumas coisas policiais e de outros temas e manda aos roteiristas do Zorra para ter opinião”, diz ela.

Namorado atual de Renata, o ator Léo Castro também o ajuda nesse lado. “O Léo trouxe a vivência de stand-up e os dois trocam muita figurinha. Tanto que o João já tem escrito textos para o Léo fazer um dia. Não é porque sou mãe, mas ele tem talento”, atesta.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube