Presidente do Sintab explica motivo para deflagração de greve na Educação

Da Redação. Publicado em 2 de fevereiro de 2021 às 21:30.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Na última segunda-feira, 1, o Governo do Estado da Paraíba divulgou um plano de retomada gradativa das aulas presenciais na rede estadual de ensino. O plano é dividido em várias fases, e deve iniciar com 30% de ensino presencial e 70% de ensino remoto, a partir do dia 1º de março de 2021.

A previsão é que se tudo ocorrer dentro da normalidade, até o final de 2022 as aulas presenciais estejam sendo retomadas em 100%.

Em Campina Grande, os professores e servidores da educação resolveram entrar em greve. A decisão foi tomada de forma unânime em uma assembleia virtual realizada na última segunda-feira, 1, pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema, o SINTAB.

O presidente do Sindicato, Giovanni Freire, explicou em entrevista à Rádio Caturité FM, o que levou os profissionais da educação a optarem por essa greve. Ele ressaltou que o ano letivo de 2020 causou uma sobrecarga desumana tanto para os trabalhadores da educação, como também para a rede dos alunos da rede municipal e estadual, por conta da pandemia, e que por conta disso, é necessário que sejam discutidas e oferecidas condições para essas pessoas.

Uma das questões citadas por ele foi o não pagamento do 14º salário de 2020 aos servidores de Campina Grande que ficou pendente e que não houve encaminhamento de quando será pago.

Giovanni questionou também em relação às progressões do PCCR da educação, que por muitos meses já estão paralisadas e acumuladas. Dessa forma ele enfatizou que é preciso ser construído um Plano de Cargos e Carreiras para essas categorias.

Por fim, sobre o retorno das aulas, ele disse:

“Nós decidimos em Assembleia que os trabalhadores só retornarão após a vacina, porque nós defendemos a vida acima de tudo e não vamos cometer um genocídio de colocar crianças e trabalhadores nas escolas sem as condições oferecidas e sem a vacina, pois a vacina é quem protege quando a população em massa estiver vacinada é que a gente pode discutir a questão do retorno das aulas presenciais”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube