Fechar

logo

Fechar

Presidente do PT na Paraíba nega processo de filiação do ex-governador Ricardo Coutinho

Da Redação. Publicado em 3 de fevereiro de 2021 às 19:16.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O presidente da executiva estadual do PT na Paraíba, Jackson Macedo, negou que esteja  havendo uma movimentação dentro do partido para receber de volta o ex-governador do Estado, Ricardo Coutinho, atualmente filiado ao PSB, mas sob a ameaça de perder a importância dentro das hostes socialistas, uma vez que se encontra sem mandato. O fato que corre nos bastidores políticos da capital, que o ex-presidente Lula é quem quer Coutinho para comandar as eleições de 2022.

Macedo disse à imprensa que não sabe de onde saiu tal informação já que não há necessidade de filiação do ex-gestor a um partido político porque ele está inelegível por conta de  condenações na Justiça referente a Operação Calvário. Outro fato é que o PT não vai priorizar a discussão sobre as eleições majoritárias agora.

“Isso nunca foi discutindo dentro do PT, muito menos com Ricardo, e não está na pauta partidária. Eu acho que quem inventou essa história está sem assunto, enquanto a gente vive um momento tão importante no país com a discussão do impeachment de Bolsonaro, a pandemia do coronavírus e a vacina. Essa pauta de filiação de Ricardo não interessa a ninguém até porque não existe”, justificou o presidente.

Segundo ele, o que está se discutindo dentro do PT para 2022 é a reeleição do deputado federal Frei Anástácio e a mobilização pelo impeachment de Bolsonaro.

“São suas pautas importantes. Vamos criar um grupo eleitoral, reorganizar a nossa base no interior e preparar o partido para continuar com a nossa representação federal e aumentar a nossa bancada na Assembleia Legislativa”, destacou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube