PMJP oferece acompanhamento para crianças e adolescentes com déficit de atenção e hiperatividade

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 14 de fevereiro de 2021 às 18:45.

Paraíba Online • PMJP oferece acompanhamento para crianças e adolescentes com déficit de atenção e hiperatividade

Foto: Secom/JP

O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) afeta de 3% a 5% das crianças, conforme a Associação Brasileira do Déficit de Atenção. O problema é caracterizado por desatenção, impulsividade e inquietação, mas há tratamento.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) oferece o serviço de acompanhamento de crianças e adolescentes com idade de três a 18 anos, no Centro de Atenção Psicossocial (Capsi) Infanto Juvenil Cirandar.

O acesso ao atendimento é de forma espontânea, tendo como único critério que a criança ou adolescente resida em João Pessoa. Os pais devem apresentar comprovante de residência e cartão do SUS. O horário de atendimento é das 08h às 17h.

No geral, as crianças e adolescentes que são atendidos pelo Capsi apresentam transtorno mental severo, grave ou persistentes. No local, cada paciente tem o seu atendimento específico e, dependendo da necessidade de cada caso, são disponibilizadas consultas individuais com a psicóloga, terapia ocupacional, consultas de enfermagem, atendimento com o serviço social e psiquiátricos, grupos terapêuticos lúdicos, grupos de escuta e orientação com os familiares, e ainda atendimento clínico farmacêutico com a dispensação de psicotrópicos.

Eminem Djefeson Arruda da Silva, de 13 anos, foi diagnosticado com TDAH e bipolaridade na fase escolar. No Capsi, onde é acompanhado há seis anos com pedagogo e psicólogo, a família já percebeu grande evolução, principalmente no convívio social e na redução da agressividade.

“Ele melhorou bastante depois do acompanhamento. Antes ele não interagia com ninguém, e agora meu filho passou a não ficar apenas no seu mudinho. Hoje ele conversa mais comigo e com o pai”, comentou Raphaelli Melo da Silva, mãe do Eminem.

Eminem é uma das 511 crianças atendidas atualmente no Capsi Cirandar com TDAH, com acompanhamento semanal. O local também dispõe de uma rede de apoio para família.

“O Capsi me ajudou bastante, sempre apoiando eu e meu filho. Passei a ter crises também, e fui orientada pela equipe de onde procurar ajuda. Quanto a Eminem, conversas com os psicólogos me ajudaram a entender e a lidar melhor com as dificuldades do meu filho”, explicou a mãe.

Serviço – Além de atender crianças com transtornos mentais, também é oferecido apoio a dependentes químicos. Já passaram pelo local desde 2008, 3.382 crianças e adolescentes. O Capsi Cirandar está localizado na Avenida Gouveia Nóbrega, S/N, no bairro do Roger.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube