Fechar

logo

Fechar

Investigada na Operação Calvário é nomeada para cargo federal

Da Redação. Publicado em 5 de fevereiro de 2021 às 16:03.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A ex-secretária de Saúde da Paraíba, Cláudia Veras, foi nomeada, nessa quinta-feira (4), para um cargo comissionado no governo de Jair Bolsonaro, mais especificamente na Superintendência Estadual do Ministério da Saúde na Paraíba.

A nomeação foi alvo de diversas críticas porque Cláudia é investigada pela Operação Calvário, sendo acusada de participar de um suposto esquema de desvio de recursos nas pastas de Saúde e de Educação.

A notícia logo chegou aos apoiadores de Bolsonaro no Estado resultando em alguns pronunciamentos. É o caso do deputado estadual Cabo Gilberto, que em um áudio veiculado na CBN, retirou a responsabilidade do presidente da República.

“Esse cargo é subordinado ao superintendente do Ministério da Saúde aqui na Paraíba, é de livre nomeação. Tenho certeza absoluta que o presidente é um homem sério e vai exonerá-la o mais rápido possível, como também quem a nomeou, porque sabia que ia ser um desgaste enorme para o presidente”, ponderou.

O deputado destacou ainda que algumas críticas e ataques partiram da Secretaria de Comunicação do governador João Azevêdo e de alguém que ele definiu como “traidor que só foi eleito às custas do presidente”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube