Governador participa de posse remota da nova Mesa Diretora do TJPB

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 1 de fevereiro de 2021 às 21:06.

Foto: Secom/ PB

Foto: Secom/ PB

O governador João Azevêdo participou, nesta segunda-feira (1), por meio de videoconferência, da sessão solene de posse da nova Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) para o biênio 2021-2022.

O desembargador Saulo Benevides foi empossado no cargo de presidente e a desembargadora Maria das Graças Moraes Guedes assumiu a vice-presidência.

Também foram empossados os desembargadores Frederico Coutinho, José Aurélio da Cruz e Ricardo Vital para os cargos de corregedor-geral de Justiça, ouvidor de Justiça e diretor da Escola Superior da Magistratura da Paraíba (Esma), respectivamente.

O chefe do Executivo estadual enalteceu o trabalho desenvolvido pelo desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos durante os dois anos que ficou à frente do Poder Judiciário e parabenizou o desembargador Saulo Benevides pela posse.

“Eu cumprimento o desembargador Márcio Murilo pela condução e pelos avanços conquistados ao longo de sua gestão e desejo manter a parceria com o desembargador Saulo Benevides, em prol da população paraibana, mantendo o respeito constitucional”, falou.

O presidente do Tribunal de Justiça, Saulo Benevides, ressaltou a honra de assumir o cargo.

“Esse é um momento ímpar da minha longa trajetória como magistrado e agradeço por ter sido escolhido por meus pares, de forma unânime, numa nítida demonstração de confiança e de união dos membros do nosso Tribunal. Ciente do desafio inerente à gestão pública, tenho a confiança de que será possível realizar uma administração humana e eficiente, com o propósito de continuar as ações e projetos da gestão do desembargador Márcio Murilo, com foco na reestruturação administrativa, investimentos em informática e saneamento financeiro, elevando todos os índices de eficiência e produtividade”, enfatizou.

Paraíba Online • Governador participa de posse remota da nova Mesa Diretora do TJPB

Foto: Secom/ PB

Por sua vez, o desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, fez uma breve prestação de contas de sua gestão à frente do Poder Judiciário.

“Nesses dois anos de gestão, aportou uma média de 640 mil processos e foram concluídos e arquivados 820 mil, nos dando um superávit processual, mostrando que a união faz a força. O nosso Tribunal é unido e célere devido ao empenho de cada magistrado e de cada servidor. Eu também agradeço ao governador João Azevêdo, que de maneira austera, mas com números convincentes, readequou o duodécimo do Judiciário, permitindo investimentos em informática e em reestruturação da estrutura administrativa do Tribunal”, declarou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube