Fechar

logo

Fechar

Funjope apoia projeto que lança podcast para reforçar valores da cultura popular

Secom/JP. Publicado em 16 de fevereiro de 2021 às 22:15.

Fotos: Companhia Boca de Cena

Fotos: Companhia Boca de Cena

Manter viva a cultura popular através de uma tradição que muitos ainda não conhecem, o babau ou teatro de bonecos. Foi com este pensamento que Alysson Maciel, em parceria com a Companhia Boca de Cena, propôs o Podcast:

‘É cultura popular, é patrimônio, é Babau!’. O projeto, que tem o apoio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e conta com incentivos do Governo Federal pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, será divulgado em quatro episódios, a partir desta quarta-feira (17).

Para o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, as expectativas são positivas em relação à nova forma de divulgar a cultura popular.

“Esse projeto que vai levar o babau para as redes sociais por meio do podcast é muito importante porque realiza duas coisas interessantes. Primeiro, porque é uma boa utilização das redes sociais, com elementos da cultura tradicional. Depois, pode renovar o babaunesse ao ambiente de tecnologias”, observou.

Alysson Maciel considera o apoio da Funjope fundamental para que a ideia se tornasse realidade.

“Veio num momento em que os mestres bonequeiros não podem se apresentar por conta da pandemia. Tínhamos que buscar alguma forma de promover. A sensação hoje é de poder ajudar a manter viva a tradição que muitos não conhecem”. Ele ainda destaca:

“Eu descobri a importância da nossa cultura quando comecei a ter contato com o teatro de bonecos. Hoje, as pessoas estão presas a celular, redes sociais e os nossos movimentos culturais vão se perdendo. Tem que despertar o interesse e não deixar morrer. É nossa cultura e nosso patrimônio”.

Nas conversas com representantes das culturas populares tradicionais de João Pessoa e da Paraíba, eles têm relatado as dificuldades dos mestres das culturas populares em manter vivas suas tradições.

“Então, essa experiência nas redes sociais tem esse duplo valor de renovar e colocar a cultura tradicional no ambiente tecnológico. Isso é fundamental”, ressaltou Marcus Alves.

Ele reforçou ainda que a Lei Aldir Blanc acabou sendo uma grande ferramenta para estimular as culturas tradicionais com mais de 90 projetos aprovados.

“Evidente que tivemos dificuldades, mas também conquistas e uma dela é isso, a renovação das culturas tradicionais”, acrescentou.

Quatro episódios – O projeto será apresentado em quatro episódios, entre os dias 17 e 20 de fevereiro, sempre ao meio dia, nas plataformas de streaming Anchor e Spotify. A divulgação diária dos links para acesso aos conteúdos será disponibilizada pelas redes sociais dos participantes do podcast nos perfis do Instagram @macielalysson, @amanda.bonecos, @thaisy_santos, @santanarp20 e @ciabocadecena.

O primeiro episódio abordará parte da história do teatro de bonecos popular e elementos diretamente vinculados ao universo do Babau da Paraíba. No segundo episódio haverá entrevista com a atriz e pesquisadora Amanda Viana sobre características socioeconômicas que permeiam os fazedores dessa arte, pesquisas e projetos em prol da manutenção deste patrimônio e reflexão sobre o feminino no Babau.

O terceiro episódio, com participação do bonequeiro Artur Leonardo, trará histórias e curiosidades sobre o Babau e seus mestres, além de técnicas e montagens de espetáculos que vão do tradicional ao contemporâneo. Por fim, o quarto e último episódio trará um misto de bate-papo e informação com participação da arte-educadora Thaisy Santos, numa conversa sobre as possibilidades e desafios de inserir a temática do Babau em sala de aula, além de repassar os conceitos de salvaguarda e educação patrimonial que são de extrema importância para a preservação desta arte que é patrimônio cultural do Brasil. O projeto foi selecionado no Edital de Chamada Pública Nº 005/2020 da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube