Fechar

logo

Fechar

Diocese de Campina Grande orienta paróquias em relação a decreto estadual

Da Redação. Publicado em 24 de fevereiro de 2021 às 18:03.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A Diocese de Campina Grande, em nota publicada nesta quarta-feira (24), orientou as paróquias em relação ao cumprimento do novo decreto estadual, que estabelece novas medidas emergenciais de prevenção ao contágio pelo coronavírus.

Leia na íntegra:

NOTA DA DIOCESE DE CAMPINA GRANDE

Campina Grande, 24 de fevereiro de 2021.

Temos acompanhado com preocupação o agravamento da pandemia em nosso Estado, com o aumento de contaminados e vítimas fatais. Esta situação deve gerar em nós um compromisso ainda mais concreto com a saúde e a vida de nossos irmãos. “Onde está teu irmão?” (Gn 4,8). Nós somos responsáveis uns pelos outros!

No período de 17 de março a 19 de junho de 2020, nossas celebrações aconteceram sem a presença dos fiéis nas Igrejas, motivo de grande sofrimento espiritual para todos, mas ao mesmo tempo, foram medidas necessárias naquelas circunstâncias, quando ainda estávamos conhecendo, por meio da ciência e das autoridades públicas, os efeitos da COVID-19.

A partir de 20 de junho de 2020, voltamos nossas atividades sacramentais com a presença dos fiéis, observando rigorosamente todos os protocolos sanitários estabelecidos pelas autoridades competentes. As atividades pastorais como reuniões, encontros, retiros, assembleias e outras, foram suspensas ou adaptadas às novas realidades remotas.

A Igreja Católica não descuidou em nenhum momento da saúde das pessoas, tanto das que frequentam nossas Igrejas, como da população em geral.

Destacamos com gratidão o contínuo e incansável trabalho caritativo que nossos Padres, Diáconos, Religiosos, Religiosas e leigos desenvolveram desde o início da Pandemia e que perdura. São inúmeras iniciativas em socorro das pessoas mais pobres, doentes e que foram afetadas pelas consequências materiais da doença.

O Governo do Estado, no uso de suas atribuições legais, publicou o Decreto n. 41.053 que dispõe sobre novas medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo novo Coronavírus.

Dentre as medidas decretadas está a suspensão de atividades religiosas com a presença dos fiéis nas cidades classificadas com bandeiras laranja e vermelha, entre 24 de fevereiro a 10 de março.

A sede de nossa Diocese, bem como a maioria das cidades que a compõe, estão classificadas com bandeira amarela, o que não acarreta, conforme o referido Decreto, a suspensão da presença das pessoas nas celebrações.

Isto posto, determinamos o que segue:

As Paróquias que estão nas cidades classificadas com bandeira laranja devem, por meio do Pároco, estabelecer contato com as autoridades municipais para o diálogo e definição dos procedimentos, visando sempre, em primeiro lugar a saúde das pessoas e a preservação da vida;

As Paróquias que estão nas cidades classificadas com bandeira amarela devem seguir rigorosamente os protocolos sanitários (conforme o Decreto Diocesano de 13 de junho de 2020), a saber: uso de máscara por parte de todos os fiéis, sacerdotes e equipe de celebração, uso de álcool para higienização das mãos e distanciamento entre as pessoas, evitando a aproximação;

Todos os nossos diocesanos devem manter os cuidados consigo e com os outros, para que a situação não se agrave.

Oportunamente daremos orientações sobre as celebrações especiais da Semana Santa que se aproxima.

Vivendo o tempo santo da Quaresma, em preparação para a Páscoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, intensifiquemos nossas orações, suplicando a misericórdia de Deus pelo fim da Pandemia, pelo restabelecimento da saúde dos enfermos e pelo conforto de todo povo fiel.

Nossa Senhora da Conceição interceda por nós e nos dê a bênção.

Em profunda unidade e oração,

Dom Dulcênio Fontes de Matos
Bispo Diocesano de Campina Grande

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube