Colunista comenta sobre asa novas fases da Operação Calvário

Da Redação*. Publicado em 6 de fevereiro de 2021 às 13:54.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Esta semana, em duas fases simultâneas, reapareceu com força no cenário político e administrativo do Estado a Operação Calvário, que muitos chegaram a pensar no seu definhamento, no rastro da desmobilização provocada pela Covid 19.

O colunista ainda não leu em detalhes o embasamento para essa nova ação liderada pelo Ministério Público e com o aval do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Mas já é possível pontuar alguns aspectos, a começar pelo fato de as novas fases fazerem alusão ao que é considerado o ´marco zero´ das denúncias de recebimento de propina que envolvem o grupo do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

A “Origem” de tudo remontaria ao período em que o ex-governador pavimentou, em 2010, a sua renúncia à condição de prefeito de João Pessoa – tendo cumprido menos de metade do segundo mandato – para enfrentar uma disputa (tida como desigual na época) com o então governador José Maranhão, do PMDB, pelo cargo de governador.

Dessa vez, não se trata do ´lote´ de acertos considerados espúrios e que passam pela Cruz Vermelha Brasileira para a gestão de unidades da rede hospitalar estadual.

A vertente das fases atuais está apenas começando. Trata-se de negociações inerentes à compra de livros didáticos e outros equipamentos para a área educacional, com propinas que chegaram a até 30% em algumas operações.

Voltam à tona, a propósito, as vigorosas declarações do então líder do bloco oposicionista na Assembleia Legislativa, deputado Raniery Paulino, no deflagrar da ´Calvário´, apontando que o pior das denúncias estaria por vir, citando justamente o setor da educacional.

Severino Souza de Queiroz (foto), chefe da Controladoria Geral da União na Paraíba, antecipou que as operações de ontem “foram só o começo. Mais contratos serão investigados. Muita coisa ainda há de vir”.

*com informações da Coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube