Fechar

logo

Fechar

Chuvas de 8h em João Pessoa supera média histórica de 30 anos

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 26 de fevereiro de 2021 às 20:18.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

Após as intensas chuvas registradas na manhã desta sexta-feira (26), que superou em quase 60% o volume médio histórico de João Pessoa para o mês inteiro de fevereiro em apenas 8 horas, o prefeito Cícero Lucena reuniu os secretários para avaliar os impactos da precipitação recorde e planejar as próximas ações.

A reunião aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, e resultou na instalação do comitê de crise climatológica sob a coordenação da Secretaria Executiva de Defesa Civil.

Os dados pluviométricos apontam que choveu no intervalo de 8 horas o total de 167,8 milímetros. A média histórica para o mês de fevereiro inteiro, conforme medições dos últimos 30 anos, é de 108 milímetros.

O índice superou em 55% a média. Com previsão de mais chuvas nas próximas horas, todas as secretarias municipais estarão de prontidão no fim de semana com equipes prontas para atender às demandas causadas pela chuva.

Segundo o prefeito Cícero Lucena, toda a estrutura da Prefeitura e secretarias estará de prontidão para atender as necessidades causadas pelas chuvas e minimizar o impacto na vida do pessoense.

“Todo o plano emergencial foi desenhado e estabelecidas as equipes preparadas para fazer o atendimento que por ventura seja necessário acontecer. Na área social, de engenharia, de trânsito estamos estruturados para podermos enfrentar essa situação”, definiu.

O prefeito também destacou que, apesar da chuva intensa e de diversas ocorrências de inundação, alguns deslizamentos e rompimento de tubulações, não houve nenhuma vítima fatal e nem residências sofreram agravos mais graves.

“Recebemos os primeiros relatórios sobre a evidência dessa chuva que superou em muito a média histórica para o período. A estrutura de drenagem da cidade não suporta, não está planejada para isso. Graças a Deus, sem nenhum registro de morte ou desabamento de casa. Estamos estruturados e preparados para acompanhar esse momento”, afirmou.

A força-tarefa envolve as Secretarias de Defesa Civil, Infraestrutura, Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, Emlur e Superintendência de Mobilidade Urbana.

Equipamentos – A Secretaria de Infraestrutura vai manter equipe de plantão com 2 diretores, 50 servidores, com maquinário para realizar serviços durante todo o fim de semana. Serão retroescavadeiras, caçambas, caminhões de jato e sucção, carro-pipa e munck para atender aos serviços necessários.

Dia de muito trabalho – Com uma equipe de 80 servidores, a Secretaria de Infraestrutura atuou em diversas ruas e avenidas realizando ações de manutenção para reduzir os transtornos com alagamentos.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

Entre os bairros atendidos estão o Varadouro, Centro, Torre, Água Fria, Altiplano, Mangabeira, José Américo e Manaíra.

A maior parte dos serviços se concentrou na limpeza e desobstrução de galerias pluviais, que ajuda no escoamento das águas das chuvas. Esse trabalho de limpeza ainda tem o suporte de equipes da Emlur.

Foi feito também o serviço de retirada de água acumulada em alguns trechos, a exemplo do trabalho executado na Avenida Hilton Souto Maior, no bairro de Mangabeira. A Seinfra ainda deslocou equipes para auxiliar as ações da Defesa Civil.

Queda de árvores – De acordo com o diretor da Divisão de Controle Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Anderson Fontes, seis árvores caíram nessa sexta-feira. Uma queda foi registrada no Jardim Botânico, tombando para a Avenida Pedro II. Também foram registradas quedas no Altiplano, no Jardim Cidade Universitária, Jaguaribe, Mangabeira e Miramar.

Os técnicos da Prefeitura fizeram a remoção e a tritura dos galhos, desobstruindo as ruas e calçadas. A Semam disponibiliza, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h e das 14h às 17h, o telefone 3264-1680 para informações sobre problemas com árvores em áreas públicas, como canteiros de avenidas e ruas, praças e áreas verdes.

Nesse período de chuva, também será disponibilizado, para urgências de quedas de árvores, o Disque Denúncia da Semam: 3218-9208.

Trânsito – A Semob-JP é outro setor da gestão municipal em alerta. Através das 70 câmeras de monitoramento do Centro Operacional de Trânsito e Transporte (COTT), a Semob observa os principais corredores da cidade e aciona as equipes de campo em situações essenciais para dar fluidez ao tráfego. Essa central também vai poder atuar na orientação dos demais órgãos e secretarias – quando necessárias ações relacionadas às demais.

O COTT também auxilia a equipe de assessoria de imprensa que informa em tempo real as ações de trânsito, pontos de bloqueio, alagamento e intermitência de semáforos, por meio de boletins – através do grupo de whatssapp para mais de 247 integrantes da imprensa, das redes sociais.

Números de contato em caso de situação de emergência em virtude da chuva

Defesa Civil: 0800 285 9020
Seinfra: 0800 031 1530
Semam: 3218-9208
Semob: 118 ou 98760-2134 (whatsapp)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube