Fechar

logo

Fechar

Cepas do coronavírus são mais contagiosas e atingem jovens sem comorbidades

Da Redação*. Publicado em 16 de fevereiro de 2021 às 10:01.

Foto: ABr

Foto: Reprodução/ ABr

O diretor do Hospital de Clínicas de Campina Grande, Johnny Bezerra, durante entrevista concedida à rádio Cariri FM, comentou a respeito da segunda dose da vacinação contra o coronavírus nos profissionais de saúde que estão na linha de frente da pandemia.

Ele ressaltou ainda que a quantidade de pessoas vacinadas ainda é pequena e que é preciso que haja uma aceleração da imunização, pois o Brasil está passando pelo terceiro pico da pandemia e, desta vez, com um agravante, que é a contaminação pelas variantes do coronavírus, com maior poder de transmissibilidade, de causar casos graves e de atingir a população mais jovem e sem comorbidades.

– Na Paraíba, foram identificadas 11 variantes do coronavírus e uma delas é a amazônica, responsável pelo pico em Manaus. Como é de maior transmissibilidade e contágio, aumenta-se também o número de casos graves e ocupação de UTI. No estado de Goiás, as UTIs estão em 100% de ocupação. O estado da Paraíba tem se preocupado com essas possíveis novas ondas, que na verdade seriam o terceiro pico, e a precaução com essas aglomerações do carnaval – disse.

O médico orientou sobre a importância de se manter as determinações sanitárias, como uso de máscara, higienização das mãos, manter o distanciamento, além de evitar aglomeração. De acordo com ele, fazendo esse processo, já se evita a contaminação do vírus.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube