Fechar

logo

Fechar

Azevêdo: “Eu não posso evitar candidaturas de aliados”

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de fevereiro de 2021 às 18:00.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), não quer antecipar o processo eleitoral de 2022, mas afirma que seu nome está posto e isso é inegável.

Em entrevista, ele ressaltou que não pode evitar candidaturas de possíveis aliados, que poderão disputar o governo do Estado nas próximas eleições e um deles poderá ser do Progressistas, cujo partido ele deu apoio nas eleições municipais em João Pessoa formando uma parceria política.

Azevêdo disse não saber se o PP já tem nome posto e que este assunto só interessa ao partido do prefeito Cícero Lucena.

“O meu nome tá na praça, agora se o PP vai ter um nome para compor chapa ou se vai ter um nome para a disputa no cargo majoritário, que assim seja. Eu não consigo entender a preocupação de que o governo tem que evitar candidaturas. Não é assim que acontece: primeiro pela autonomia que os partidos têm”, explicou.

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Segundo ele, o Cidadania está construindo para que a aliança que aconteceu em João Pessoa seja replicada no Estado, o que é natural, mas se isso não acontecer, Azevêdo vê também com naturalidade porque cada um pode seguir seu caminho.

Contudo, ele acha que esse enfrentamento só precisa acontecer na época devida.

“Eu não antecipo esse debate porque meu foco hoje é Covid e vacinação, até porque saímos de uma eleição municipal agora e não podemos estar discutindo o processo de 2022. Vamos deixar as eleições para o seu tempo próprio. Vamos focar na pandemia e ajudar os prefeitos a começarem uma gestão nova, com foco diferente, é isso que nós queremos”, destacou.

Contudo, o governador enfatiza que se tiver que enfrentar vários candidatos, que haja essas alternativas nas próximas eleições, pois não terá como evitar que os partidos postulem também o cargo de governador do Estado.

Azevêdo também destacou a importância do PT na sua base aliada e disse ter uma relação de muito respeito com os deputados Anísio Maia, Frei Anastácio e com a direção partidária.

“Nós adotamos, na última eleição, respeitar as decisões de todos os partidos. Nós não incentivamos retiradas de candidaturas nem tampouco trabalhamos contra aqueles que mesmo estando na base, apresentaram candidaturas próprias. Eu acho que essa é a melhor maneira de se fazer política. Eu espero que o PT continue na nossa base”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube