Armas e munições prevalecem na agenda administrativa de Bolsonaro

Da Redação*. Publicado em 28 de fevereiro de 2021 às 12:44.

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A questão armamentista se constitui no assunto mais movimentado pelo presidente Bolsonaro desde que assumiu o governo.

São mais de 30 decretos e regulamentações.

Essas medidas têm como objetivo predominante ampliar o uso e o acesso a armas de fogo por parte do cidadão comum, bem como o relaxamento do controle que tradicionalmente era feito pelo Exército ou pela Polícia Federal, e que passa a ser responsabilidade de clubes de tiros.

Alguém enquadrado na condição de colecionador já pode adquirir até 60 armas de maneira legal.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube