Prova do Enem destaca poema de paraibano, mas omite autoria

Da Redação. Publicado em 19 de janeiro de 2021 às 20:43.

Foto: Montagem/ Paraibaonline

Foto: Montagem/ Paraibaonline

Numa das provas aplicadas neste domingo no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é feita uma referência a um poema do poeta e ex-governador Ronaldo Cunha Lima, publicado no ano de 2004 no site Migalhas, publicação que enfoca questões inerentes ao direito. 

Os versos remontam à década de 50 do século passado (1955) e têm como origem a apreensão de um violão que estava em poder de um grupo de boêmios em Campina Grande.

O juiz encarregado de apreciar o pedido de devolução do instrumento musical – algo que era muito valioso à época – disse que liberaria o violão se a petição fosse feita em verso.

Foi nessa circunstância que foi concebido o poema batizado de ´Habeas Pinho´.

Acontece que os responsáveis pelo Enem incorreram em dois erros deploráveis: alteraram o poema e omitiram a sua autoria.

Posteriormente, nas redes sociais, o ex-senador Cássio Cunha Lima externou (merecidamente) o seu desapontamento com essa conduta: “Claro que é honroso ver o poema/petição usado como uma das questões do Enem”.

“Mas em respeito à produção intelectual do meu pai, esclareço que a citação foi adulterada e lamento a não menção ao autor”, acrescentou CCL. 

“Um violão, doutor, que na verdade

Não matou nem feriu um cidadão.

Feriu, sim, a sensibilidade

De quem o ouviu vibrar na solidão.

“O violão é música e é canção,

É sentimento vida e alegria,

É pureza é néctar que extasia,

É adorno espiritual do coração.

“Mande soltá-lo pelo amor da noite

Que se sente vazia em suas horas,

P’ra que volte a sentir o terno açoite

De suas cordas leves e sonoras.

“Será crime, e afinal, será pecado,

Será delito de tão vis horrores,

Perambular na rua um desgraçado

Derramando na rua as suas dores?”

Despacho do juiz Arthur Moura sobre a petição: 

“Para que eu não carregue 

Remorso no coração 

Determino que se entregue 

Ao seu dono o violão”.

Com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a coluna completa acesse aqui:

O ´mão de gato´ – Paraíba Online (paraibaonline.com.br)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube