Procurador cobra inquérito para investigar aglomerações em ônibus de JP

Da Redação. Publicado em 20 de janeiro de 2021 às 16:35.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O procurador do Trabalho na Paraíba, Eduardo Varandas, enviou um ofício à Procuradoria Geral do Ministério do Trabalho da Paraíba solicitando um inquérito para investigar se as normas de saúde no trabalho e as regras sanitárias estão sendo seguidas pelas empresas de ônibus da cidade de João Pessoa, após denúncias de aglomeração nos horários de pico.

Ele destacou, em entrevista à Rádio Correio FM, que não se pode admitir que o transporte público seja um instrumento de infecção de pessoas em meio a uma pandemia que já matou inúmeras pessoas.

– Nós recebemos a denúncia de que, nos horários de pico, os transportes coletivos de João Pessoa estariam transitando abarrotados de pessoas, violando regras de biossegurança e sanitárias – disse.

O superintendente da Secretaria de Mobilidade Urbana de João Pessoa, George Morais, afirmou que há o conhecimento de que, nos horários de pico, há uma concentração maior de pessoas e revelou que existe a tentativa de, junto às empresas de transporte público, disponibilizar mais ônibus para melhorar o serviço prestado.

Ele frisou que os ônibus circulam em João Pessoa com a disponibilização de álcool em gel e a limpeza constante por parte de uma equipe especializada.

– Estamos em contato com o sindicato das empresas de transporte coletivo para cobrar o integral cumprimento das normas sanitárias – colocou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube