Fechar

logo

Fechar

Prefeito diz que pretende fazer concursos mas esbarra em condição financeira

Da Redação. Publicado em 15 de janeiro de 2021 às 19:04.

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

De acordo com o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, há sim a pretensão de realizar concurso público da cidade já em 2022, no entanto, vai depender da condição fiscal e financeira.

As condições são impostas, em sua visão, tendo em vista que 2021 será um ano fiscal mais difícil que 2020 e 2019, em razão da crise econômica intensificada com a pandemia de coronavírus.

“A nossa intenção é convocar concurso na educação: para professor, para pedagogo, para cuidados de pessoas com deficiência, que é uma área que eu tenho um carinho enorme, para psicopedagogos, além de outras áreas importantes e estratégicas, na saúde: para médicos, enfermeiros, dentistas, e [também] temos uma grande necessidade para Guarda Civil Municipal”, disse, em entrevista à CBN.

No entanto, segundo o chefe do executivo campinense, a pretensão esbarra em dois pontos: o primeiro seria uma lei de teto de gastos do Governo Federal que impede a criação de novas vagas, sendo possível a realização do concurso apenas para preenchimento de vagas sobressalentes, e o segundo seria a própria questão financeira, uma vez que o profissional concursado representa um custo maior aos cofres públicos.

“Vou segurar a mão em despesas que não são estritamente essenciais para que a gente possa ter despesas essenciais, inclusive com profissionais com reconhecimento profissional, como foi feito nos últimos anos. O prefeito Romero [Rodrigues] concedeu aumento para professores, implantou os níveis profissionais, mas tem outras carreiras que também demandam isso”, ponderou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube