Fechar

logo

Fechar

Prefeito campinense se pronuncia sobre a denúncia de vacinação irregular

Da Redação. Publicado em 20 de janeiro de 2021 às 13:00.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

“A Paraíba não é só a terra onde o sol nasce primeiro, é também o lugar onde as eleições nunca terminam”

Essa frase foi compartilhada por meio do Twitter, pelo atual prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, no final da manhã desta quarta-feira, 20, após denúncia da ex-candidata a vice-prefeita na eleição de 2020, Tatiana Medeiros, afirmando que ele teria permitido que pessoas furassem a fila de vacinação.

Em contrapartida, ele destacou que estaria sendo alvo de uma denunciação caluniosa por parte de Tatiana, ex-secretária de Saúde do município, e que por isso, irá mover uma ação criminal e um pedido de indenização contra ela.

Bruno destacou que Campina Grande foi um dos primeiros municípios a entregar ao Ministério da Saúde um plano de imunização e que todos os critérios estabelecidos pelas autoridades sanitárias estão sendo seguidos.

Dessa forma, para comprovar isso, ele informou que além de serem publicadas, as listas com os nomes das pessoas vacinadas serão entregues hoje ao Ministério Público.

Ainda em resposta a Tatiana, ele ressaltou que, mesmo não tendo um diploma de médico ou enfermeiro, um recepcionista, uma auxiliar de limpeza ou um maqueiro, também são trabalhadores da Saúde.

“Não medirei esforços para, em conjunto com o Ministério Público, com a Polícia Federal e as demais autoridades, identificar possíveis tentativas de fraude no processo de vacinação. Vamos abrir inquéritos administrativos e denunciar QUALQUER PESSOA envolvida”, disse.

O prefeito finalizou pontuando que não admite “jeitinhos” ou acordos obscuros e que a prova disso é que não aceitou propostas recebidas ainda quando era pré-candidato.

“Talvez isso incomode até hoje e tanto quanto o resultado das urnas. Se duvidarem, volto ao assunto”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube