Petebista deve assumir a liderança do governo na Assembleia Legislativa

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 29 de janeiro de 2021 às 13:00.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

A Assembleia Legislativa deve passar por uma rearrumação nesta nova legislatura que se inicia a partir do próximo dia 2 de fevereiro quando haverá eleições para a ocupação de dois cargos vagos na Mesa Diretora da Casa: o de 1º secretário e de 2º vice-presidente. Também deverá haver mudanças na ocupação de lideranças, como também nas presidências das Comissões Temáticas.

O deputado Wilson Filho (PTB), a pedido do governador João Azevêdo (Cidadania), deve ocupar o cargo no lugar do deputado Ricardo Barbosa (PSB), que está sendo cotado para presidir a Comissão de Constituição e Justiça, no lugar da deputada Pollyanna Dutra (PSB), ou ainda liderar o blocão de partidos na Casa, mas precisa os votos de Estela Bezerra, Cida Ramos e Buba Germano, que apontam um outro candidato, mas ainda não revelado. A bancada socialista é integrada por oito deputados.

Quanto às eleições dos cargos vagos, o deputado Tovar Correia Lima (PSDB) está sendo indicado para disputar a 2ª vice-presidência, que pertencia a um deputado da bancada de oposição, João Henrique, também do PSDB, que faleceu vítima da Covid-19.

Já para a 1ª secretaria, antes ocupada pelo deputado Nabor Wanderley (Republicanos), eleito prefeito do município de Patos, está sendo disputada pelos deputados João Gonçalves (Podemos) e Pollyanna Dutra (PSB). O cargo, a priori, pertence à bancada governista, muito embora não consta nada sobre isso no Regimento Interno do Poder Legislativo.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino (PSB), é natural que os cargos continuem sendo ocupados por representantes das respectivas bancadas governista e de oposição e acredita que haverá consenso entre os deputados.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube