Fechar

logo

Fechar

Pandemia: teletrabalho gerou economia e deve ser tendência, acredita especialista

Da Redação*. Publicado em 22 de janeiro de 2021 às 10:06.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O advogado e especialista em Direito do Trabalho Renato Gama confirmou, em entrevista à rádio Caturité FM, nesta sexta-feira, 22, que a pandemia do novo coronavírus acelerou – o que foi nítido – a adoção do teletrabalho.

Pela necessidade do distanciamento, muitas empresas determinaram que alguns funcionários se resguardassem em casa. Renato apenas apontou a confirmação do que o mercado acabou constatando.

– A pandemia acelerou alguns pontos da regulamentação do teletrabalho. No meu ponto de vista, essa modalidade proporciona economia nas empresas. Por isso, eu acredito que será uma tendência – comentou.

Renato explicou que as pessoas que estão em home office podem ser chamadas ao retorno do trabalho presencial e vice-versa.

“A mudança do presencial para o tele pode acontecer de forma imediata. Mas, quando é o contrário, existe um prazo legal de no mínimo 15 dias. Durante a pandemia, havia uma medida que limitava essa última mudança a 48h. Mas, ela perdeu a validade e, agora, permanece o mínimo de 15 dias da mudança do tele para o presencial.

Ainda segundo Renato, entre as empresas que mais adotaram o home office, uma se destaca: do setor jurídico.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube