Fechar

logo

Fechar

Médico campinense morre em Natal vitimado pela Covid-19

Da Redação*. Publicado em 6 de janeiro de 2021 às 13:50.

Foto: Reprodução redes sociais

Foto: Reprodução redes sociais

Faleceu nesta madrugada, vítima da Covid-19, num dos hospitais de Natal (RN), o conhecido médico cardiologista Dr. Antonio Loureiro Gomes, 83 anos, divorciado, que residia no residencial Sólar das Acácias na Avenida Severino Cruz, centro de Campina Grande.

Antonio Loureiro era um dos mais conceituados médicos campinenses. Trabalhou em vários hospitais locais desde o antigo Sandu, Hospital Universitário, Hospital de Pronto Socorro Municipal.

Foi diretor do Hospital da FAP, diretor do antigo Inamps e mantinha a sua Clínica do Coração na rua Selma Villarim, próximo ao antigo terminal rodoviário no centro campinense.

Natural de Itaporanga, região do Vale do Piancó, o médico Antonio Loureiro, após formar-se em medicina no Recife fixou residência em Campina Grande, onde também dirigiu por vários anos a Adesg.

Antes do Natal, ele se despediu de alguns amigos e foi passar os festejos do final de ano com sua filha na capital potiguar.

Diabético e portador de outras morbidades, porém lúcido, o “Dr. Loureiro”, como era carinhosamente tratado no meio social, viajou sem aparentar qualquer sintoma de contaminação da temível Covid 19.

Após os festejos natalinos teria apresentado indícios de que estava infectado e foi levado ao hospital, sendo internado imediatamente.

O seu quadro se agravou com avançada infecção pulmonar que acabou o levando a óbito, surpreendendo a todos seus incontáveis amigos, colegas médicos, ex-alunos e toda família.

*com informações do jornalista Assis Costa

Atualização: O corpo do médico foi cremado em Natal (RN).

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube