Delegado detalha prisão de terceiro indivíduo de grupo suspeito de assaltos a banco

Da Redação. Publicado em 23 de janeiro de 2021 às 9:02.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A população de Campina Grande tomou conhecimento nesta semana de uma operação policial que resultou na morte de dois suspeitos de assalto a bancos. A ação aconteceu na quinta-feira, 21, no bairro José Pinheiro.

Os homens estavam morando há 15 dias em um pequeno residencial, e usaram identidades falsas para realizar o contrato. A Polícia descobriu o paradeiro dos dois e foram ao local cumprir um mandado de busca e apreensão. Ao chegar no residencial, os policiais foram recebidos a bala e revidaram.

Dois assaltantes ficaram feridos, foram socorridos ao Hospital de Emergência e Trauma, mas morreram ao dar entrada na unidade de saúde. Um terceiro suspeito também estaria envolvido, estava foragido, mas já foi encontrado.

Um dos acusados foi identificado como Allan Fabiano Nunes dos Santos de 33 anos e, de acordo com a Polícia, ele já tinha pelo menos mais seis mandados de prisão.

Na manhã desta sexta-feira, 22, em uma coletiva de imprensa promovida pela Polícia Civil, o delegado Diego Beltrão detalhou como aconteceu a prisão de um terceiro suspeito e todo o material apreendido.

– Tomamos conhecimento que teria outro indivíduo convivendo com os dois na mesma residência, só que ele havia conseguido sair da casa antes da chegada da polícia. Nós o prendemos no município de Alcantil e, o material apreendido em um sítio na cidade de Santa Cecília – esclareceu.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube