Covid-19: Vereador aponta palanque político e demagogia na Câmara campinense

Da Redação*. Publicado em 29 de janeiro de 2021 às 11:49.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O vereador Waldeny Santana (DEM) explicou o motivo de ter votado contra a criação de uma comissão de assuntos relevantes, sugerida pelo vereador Anderson Almeida (Podemos). Ele destacou que a tentativa de criação da comissão se trata de “palanque político”, pois já existe uma fiscalização por parte da Secretaria Municipal de Saúde em relação à vacinação contra a Covid-19.

Waldeny (foto) frisou, durante entrevista à Rádio Campina FM, que há uma lista dos vacinados no site da Secretaria Municipal de Saúde disponível para todos. Também disse que há uma tentativa, por parte de quem apresentou o pedido da comissão, de passar para a opinião pública a ideia de que o governo municipal não é sensível em relação à pandemia.

– Temos que ser bem claros. Qual a finalidade da criação dessa comissão? Palanque político. É para dizer para as pessoas: Eles são insensíveis, não querem fiscalizar a pandemia. É para fazer discurso e demagogia – enfatizou.

O vereador afirmou que há dois problemas básicos que precisam ter uma maior atenção neste momento difícil: saúde e emprego. Ele destacou que tem visitado postos de saúde, verificado a demanda que está represada e levando até ao prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) e ao secretário de Saúde de Campina Grande, Filipe Reul.

Segundo Waldeny, é fundamental fazer com que os espaços públicos sejam cedidos ao empreendedorismo e o seu foco é buscar recursos para levar emprego para as pessoas.

– As pessoas precisam trabalhar, a atenção básica da nossa cidade precisa de um acompanhamento especial e precisamos que as coisas andem – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube