Fechar

logo

Fechar

Secretário diz que Fundação deve resolver questão salarial do Hospital de Trauma de Campina

Da Redação. Publicado em 8 de dezembro de 2020 às 10:12.

Foto: reprodução

Na última semana os servidores do Hospital de Trauma de Campina Grande, realizaram uma paralisação de advertência solicitando aumento salarial, que segundo eles, estariam defasados há muitos anos.

Em resposta, o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, disse que há tratativas e a SES sempre está aberta ao diálogo, porém há um impedimento legal, determinado por lei complementar do Governo Federal, de que não haja aumento de custeio até dezembro de 2021 na Paraíba.

A questão salarial dos servidores, entre outras demandas, de acordo com Geraldo, será resolvida após a implementação, a partir de dezembro, da Fundação PBSaúde.

– Iniciando o funcionamento em dezembro, teremos quatro meses para realizar um chamamento público para várias áreas da Saúde. Os servidores codificados, prestadores de serviço, irão, progressivamente serem submetidos, a partir da incorporação das unidades hospitalares pela Fundação, a um concurso público e, assim, terão uma relação de trabalho no regime CLT, com carteira assinada, férias, décimo terceiro, tudo que ao longo de quase 20 anos estes prestadores não tiveram esses direitos – explicou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube