Fechar

logo

Fechar

Presidente espera zerar o déficit da Assembleia Legislativa a partir de 2021

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 22 de dezembro de 2020 às 17:20.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino (PSB) fez uma balanço das atividades parlamentares exercidas em meio a uma pandemia durante o ano de 2020, o que dificultou muitas coisas não só para os paraibanos, mas para o mundo todo.

Contudo, apesar do ano atípico, ele afirmou que o desempenho dos deputados foi muito positivo e várias matérias de relevante importância para a população foram aprovadas, especialmente no que diz respeito ao combate à Covid-19.

Galdino fez ainda uma ressalva sobre as finanças da Casa de Epitácio Pessoa relativas aos gastos e despesas e destacou que este ano não deu para zerar o déficit, mas espera fazer isso em 2021.

“Todos os anos era comum que, ao final de cada exercício, o presidente pedir uma complementação financeira para concluir o pagamento da Casa. Este ano faltou pouco mais de 200 mil reais para que a Assembleia pudesse honrar todos os seus compromissos, mas no ano que vem, nós vamos zerar esse déficit para que possamos adequar a despesa ao duodécimo do Parlamento, para que não sacrifiquemos o Tesouro estadual”, explicou.

Galdino lembrou que houve épocas em que o complemento do Estado à Assembleia foi superior a R$ 20 milhões, mas este ano, sob sua gestão, o déficit baixou para R$ 220 mil.

“A nossa intenção é não utilizar o duodécimo todo no próximo ano e se possível devolver uma parte para o governo do Estado. Este ano fizemos doações com recursos do duodécimo, apesar de ter faltado esse montante”, frisou

O presidente lembrou ainda que R$ 2 milhões foram doados ao Estado para que fossem gastos no combate ao coronavírus.

“Em outras palavras, fizemos um superávit de pouco mais de um milhão”, enfatizou.

Em relação ao Detalhamento dos Valores dos Poderes referente ao Duodécimo na LOA, coube ao Poder Legislativo para o exercício financeiro de 2021 a destinação de R$ 312,9 milhões.

Galdino também criticou o projeto de lei das Câmaras Municipais que reajusta os salários dos vereadores, prefeito e vice e acha absurdo e sem sentido, especialmente diante dessa situação pela qual passa o país.

“Se tivessem que fazer o reajuste, que tivesse sido antes das eleições e não agora que todos sabem dos beneficiários e muitos dos quais estão legislando em causa própria. Isso deve ser repensado e quero parabenizar a Justiça por estar tomando as devidas providências”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube