Fechar

logo

Fechar

Número de doações de órgãos reduziu por causa da pandemia 

Da Redação. Publicado em 21 de dezembro de 2020 às 14:37.

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

O número de doações de órgãos para transplante teve uma redução no município de Campina Grande por causa da pandemia da Covid-19.

O médico e coordenador do Núcleo de Captação de Órgãos de Campina Grande, Caio Quintas, informou durante entrevista a uma emissora de rádio local que a pandemia pode interferir na logística dos hospitais.

– Nos preocupa e vai influenciar no processo de doação de transplantes porque a Covid-19 interfere na logística dos hospitais. Temos um receio grande – disse.

A captação de órgãos pode ser realizada em pacientes com morte cerebral. Para que a doação ocorra é necessário que exames clínicos sejam realizados por dois médicos.

Não podem ser doadores de órgãos pacientes que são portadores de doenças contagiosas transmissíveis por transplante como soropositivos para HIV, doença de Chagas, hepatite B e C; pacientes com infecção generalizada ou insuficiência de múltiplos órgãos e sistemas e pessoas com tumores malignos.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube