Fechar

logo

Fechar

Nova reitora da UEPB toma posse em solenidade realizada em Campina Grande

Da Redação com Ascom. Publicado em 12 de dezembro de 2020 às 17:43.

Foto: Ascom 

Eleitas reitora e vice-reitora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) na consulta prévia realizada junto à comunidade acadêmica e nomeadas pelo governador João Azevedo, as professoras Célia Regina Diniz e Ivonildes da Silva Fonseca tomaram posse nesta sexta-feira (11), em solenidade realizada no Câmpus de Campina Grande, e vão conduzir os destinos do maior patrimônio educacional do Estado pelos próximos quatro anos.

A cerimônia, restrita a um grupo limitado de professores, técnicos administrativos, alunos e autoridades, foi realizada no Auditório do Câmpus I, seguindo os protocolos de biossegurança impostos pelas autoridades como aferição da temperatura, uso de máscara e álcool em gel. O distanciamento social também foi mantido.

O evento foi transmitido ao vivo pelo Canal Rede UEPB no Youtube. Estiveram presentes o secretário de Estado da Educação, da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, que representou o governador João Azevedo; o prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima; além de outras personalidades do Estado.

O professor Luciano Albino, pró-reitor de Planejamento da UEPB, fez a leitura do relato sobre os oito anos do reitorado dos professores Rangel Junior e Flávio Romero, mostrando que a gestão foi marcada por grandes desafios, os quais exigiram muito comprometimento e responsabilidade pública.

“Com eficiência, eficácia e efetividade na gestão pública, a Administração Central impediu que a UEPB retrocedesse e, em detrimento de um orçamento cada vez mais reduzido, que quebrou padrões de planejamento antes realizado, fez a Instituição avançar em várias frentes”, destacou o relato.

Uma comissão especial, formada por diretores de Centro e membros de Conselho Universitário (Consuni), conduziu as professoras Célia Regina e Ivonildes Fonseca até o palco.

Em seguida, o chefe de Gabinete, professor Ricardo Soares da Silva, fez a leitura do Termo de Transmissão de Cargo, seguida da assinatura por parte das empossadas e dos professores que estavam deixando o cargo. Já na condição de ex-reitor, o professor Rangel Junior procedeu solenemente o ato de Transladação das Vestes Talares Reitorais, que indicam todos os ramos do conhecimento e os poderes inerentes ao cargo.

Já investida do cargo de reitora, a professora Célia Regina procedeu o ato de Transladação das Vestes Talares Reitorais à vice-reitora, professora Ivonildes Fonseca. Com as duas professoras devidamente empossadas, coube à professora Socorro Barbosa fazer a leitura da biografia das novas gestoras da UEPB.

Foto: Ascom

A solenidade seguiu com o discurso do ex-reitor Rangel Junior, que falou de gratidão, resiliências, compaixão, dos desafios que enfrentou, dos sonhos e conquistas ao longo dos oito anos de seu reitorado.

Como psicólogo e poeta, falou de sentimentos e emoções e não esqueceu de agradecer à sua família, aos amigos e a todas as pessoas que contribuíram para o êxito de sua gestão.

“Encerro aqui a minha missão. Deixo de estar reitor para ser o que sou, Apenas eu. Inteiro eu! Porém, este. Levo comigo uma UEPB que ajudei a edificar, por mais de dois terços da minha vida, na forma e conteúdo em que hoje se encontra. Todavia, não a levarei como fotografia, que congela um momento instantâneo. Levarei como um filme”, enfatizou.

Ao se despedir em um discurso marcado por sentimentos, Rangel disse que deixa com todos “uma UEPB que segue pujante, pés no chão e cabeça nas estrelas; uma Universidade madura, experimentada na bonança e na tempestade. Uma UEPB forte”. Ao transmitir o cargo, professor Junior desejou êxito às novas reitora e vice-reitora, convicto de que elas farão um excelente trabalho a frente da Instituição.

O prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, que compôs a mesa solene da posse, desejou êxito às professoras Célia Regina e Ivonildes Fonseca e destacou a importância da UEPB para a Paraíba, garantindo que fará todo esforço para manter a aprofundar as parcerias da Prefeitura com a Instituição.

O ex-vice-reitor Flávio Romero Guimarães também fez um discurso de despedida. Não escondendo o sentimento de nostalgia, fez memória de sua vida em 37 anos na UEPB e manifestou sua gratidão e carinho pela Instituição. Ele afirmou não ter dúvidas que as novas gestoras vão fortalecer o ensino na Universidade e consolidar sua autonomia.

Foto: Ascom

A vice-reitora empossada, Ivonildes Fonseca, fez um discurso emocionado e falou dos desafios que terá pela frente ao lado da professora Célia Regina.

Ela falou de sua trajetória de vida, das lutas que já travou em favor da vida e da educação, além dos movimentos dos quais já participou em defesa da igualdade e da justiça. Entre as lutas, destaque para o trabalho com a irmã Dulce pelas ruas da Bahia.

Ainda no discurso, ela reafirmou seu compromisso com a educação pública de qualidade e fez um agradecimento especial a todos os movimentos dos quais já participou.

O secretário de Educação do Estado, Cláudio Furtado, também discursou e destacou que a nomeação de Célia Regina e Ivonildes Fonseca representou o respeito à vontade soberana da comunidade universitária.

Ele desejou sucesso às novas gestoras e destacou a UEPB como instituição responsável pelo desenvolvimento do Estado e uma parceira do governo na luta por respostas aos paraibanos, como fez este ano no enfrentamento aos efeitos da Covid-19.

Foto: Ascom

Aguardado com muita expectativa, o primeiro pronunciamento da reitora empossada, Célia Regina Diniz, foi marcado por agradecimentos e reafirmação de compromissos.

A nova reitora agradeceu a toda a comunidade universitária, a sua família e, de forma especial, ao ex-reitor Rangel Junior que, em suas palavras, foi exemplar na transparência com os recursos públicos e na luta para manter a UEPB firme em meio às restrições orçamentárias.

Célia Regina reafirmou os compromissos da sua carta programa e garantiu que sua atuação com a professora Ivonildes será inspirada em uma sociedade justa, inclusiva, plural e cidadã. Ao longo do discurso, Célia citou alguns dos momentos marcantes, lutas e conquistas da UEPB para o desenvolvimento da Paraíba.

Ela disse que estava consciente de que, para administrar uma instituição do tamanho da UEPB, com mais de 20 mil pessoas em sua comunidade, exige-se capacidade de gestão de crise, e reafirmou seu compromisso de lutar pela autonomia da Universidade e manter a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade.

A nova reitora garantiu ainda que estará em diálogo constante com o Governo do Estado para estabelecer parcerias em prol do desenvolvimento da Paraíba e também reafirmou o compromisso imediato com a atualização dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCRs) de docentes e técnicos e de trabalhar para os descongelamentos das progressões.

Célia Regina Diniz e Ivonildes Fonseca encabeçaram a chapa #UEPBForte que ficou em primeiro lugar na lista tríplice, resultante da consulta feita junto à comunidade universitária no dia 21 de outubro. Elas obtiveram 44,54% do total de votos da comunidade universitária da UEPB, recebendo 388 votos dos docentes, 283 dos técnicos administrativos e 2.027 dos discentes.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube