Fechar

logo

Fechar

Teste do pezinho é suspenso na maternidade do Isea por falta de material

Da Redação*. Publicado em 27 de novembro de 2020 às 11:57.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O diretor geral do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), Mário de Oliveira, informou nesta sexta-feira (27) que o teste do pezinho não está sendo feito em bebês recém-nascidos na unidade hospitalar.

O exame permite identificar doenças graves, como o hipotireoidismo congênito, que é quando a tireoide do recém-nascido não é capaz de produzir quantidades adequadas de hormônios, e as doenças que afetam o sangue.

O ideal é que o teste do pezinho seja realizado entre o 3º e o 5º dia de vida do recém-nascido.

Mário explicou, durante entrevista a uma emissora de rádio, que o teste foi suspenso pela falta de material para aplicação do teste.

De acordo com o diretor do Isea, o material é disponibilizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB).

– O teste do pezinho faz parte de um conjunto de avaliações chamado triagem neonatal. Para realização desse teste, somos um ponto de coleta e envio para o Lacen. Cabe ao Lacen nos fornecer os insumos necessários para a coleta. Quando os resultados estão prontos, entregamos aos nossos pacientes. No final do mês de outubro, observando que o estoque era diminuto, fizemos a solicitação, e havia a previsão de que entre os dias 6 a 9 de novembro deveria haver falta, caso não houvesse a entrega. Houve um problema na 3ª Região e parte do lote de Campina foi enviado para Guarabira – concluiu.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube