Fechar

logo

Fechar

“Eu torço para que Campina seja enxergada”, diz Bruno sobre relação com o governo do Estado

Da Redação. Publicado em 16 de novembro de 2020 às 19:25.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

“A primeira convocação que fiz ontem é a união da cidade de Campina Grande. Que o que nos une, a esperança de que Campina cresça, seja maior que o que nos separa. O partido político, a opção eleitoral, ou que quer seja”.

Foi a resposta do prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), ao ser indagado sobre uma aproximação com os opositores, durante coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (16).

Bruno citou que o prefeito Romero Rodrigues “construiu uma grande porta aberta junto ao governo federal”, para que sejam firmadas parcerias que possam contribuir para o crescimento de Campina Grande.

Ao citar o governador João Azevêdo (Cidadania), Bruno Cunha Lima afirmou que, enquanto deputado estadual, já esteve em audiência com o atual gestor, na época secretário estadual de Recursos Hídricos.

“Eu cheguei a ter duas audiências, juntamente com o Sinduscon, para tratar sobre a situação [hídrica] que Campina estava enfrentando à beira de um colapso. Eu convivo bem com todas as pessoas, mesmo com aquelas que insistem em não conviver bem conosco. A prova disso foram os debates que eu procurei sempre manter a linha de respeito e compostura”, disse.

O prefeito eleito ainda ressaltou sobre a falta de convênios entre Campina Grande e o Governo da Paraíba, e a necessidade da cidade ser notada pela gestão estadual.

“Eu torço que Campina Grande seja enxergada e aqui não é uma crítica, mas há praticamente dez anos não se tem um único convênio do Governo do Estado com Campina Grande. Que Campina seja enxergada como uma das 223 cidades e, independente da minha posição enquanto prefeito, espero que a política seja deixada de lado, para que Campina saia ganhando”, finalizou Bruno.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube