Fechar

logo

Fechar

Consuni da UFPB emite nota em repúdio à nomeação do professor Valdiney Gouveia

Da Redação de João Pessoa. Publicado em 9 de novembro de 2020 às 21:17.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O Conselho Universitário (CONSUNI) da UFPB emitiu uma nota nesta segunda-feira (09), em repúdio à nomeação do professor Valdiney Gouveia a reitor da instituição pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

A nota rechaça a nomeação lembrando que chapa encabeçada pelo Prof. Valdiney Gouveia teve pouco mais de 5% dos votos na consulta pública, ou seja, apenas 900, ficando na terceira e última colocação, e no colegiado eleitoral, composto pelos três conselhos superiores desta Universidade, não obteve um único voto.

O Conselho Universitário (Consuni), o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e o Conselho Curador da UFPB formaram a lista tríplice, com candidatos à Reitoria da federal paraibana, em reunião on-line conjunta, no dia 10 de setembro. A relação manteve as chapas que concorreram na consulta on-line à comunidade universitária, em 26 de agosto.

A nomeação saiu publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira (050 e posse do novo reitor está marcada para o dia 11, próxima quarta-feira. Conforme a norma legal, é de quinze dias o prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício, contados da data da posse.

Confira a nota abaixo:

O Conselho Universitário (CONSUNI) da UFPB, representando a vontade de sua comunidade universitária, e com fundamento nos princípios constitucionais da gestão democrática, da liberdade de cátedra e do pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas, já reconhecidos e consolidados pelo Supremo Tribunal Federal, repudia a nomeação, pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, para o cargo máximo desta instituição de uma candidatura que não foi escolhida pela comunidade universitária.

A chapa encabeçada pelo Prof. Valdiney Gouveia teve pouco mais de 5% dos votos na consulta pública, ficando na terceira e última colocação, e no colegiado eleitoral, composto pelos três conselhos superiores desta Universidade, não obteve um único voto.

Mais do que a defesa de uma candidatura específica, o que move este CONSUNI é a defesa dos preceitos de democracia e autonomia universitária, nos termos do artigo 207 da Constituição Federal.

Essa decisão rompe com uma longa tradição, construída ao longo de décadas, que é o respeito a escolha democrática da comunidade universitária e a garantia da nomeação da candidatura mais votada, mesmo por governos de diferentes espectros políticos.

Esta atitude, mais do que respeitar a posição expressa pela maioria dos integrantes da instituição, tem por princípio o reconhecimento da importância de termos uma reitoria com efetivo papel de liderança acadêmica, administrativa e política reconhecida pelos membros da própria Universidade, o que aufere legitimidade para sua atuação, justamente nesses tempos difíceis que atravessamos.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube