Fechar

logo

Fechar

TSE nega mais um recurso contra a candidatura do PT em João Pessoa

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 16 de outubro de 2020 às 10:06.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores perdeu mais uma ação contra o seguimento da candidatura a prefeito de João Pessoa do deputado Anísio Maia.

Desta vez foi um pedido de tutela de urgência interposto junto ao Tribunal Superior Eleitoral com o objetivo de suspender os efeitos de sentença proferida pelo Juízo da 64ª Zona Eleitoral de João Pessoa, Fábio Leandro da Nóbrega, que deu provimento à candidatura própria do PT na capital paraibana.

O ministro relator, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, negou o seguimento ao presente pedido de tutelar. A sentença foi publicada no Diário Eletrônico desta sexta-feira (16).

Segundo o ministro, descabe a interposição de recurso especial e, por conseguinte, não há que se cogitar da plausibilidade das teses recursais nele postas pela Direção Nacional, entre elas: a suspensão da concessão do tempo de propaganda no horário eleitoral gratuito à Coligação “Unidos por João Pessoa” e os efeitos da sentença proferida pelo juízo de primeiro grau, que declarou a regularidade dos Atos Partidários da Coligação formada pelos partidos PT e PCdoB, estando habilitada para disputar o cargo de Prefeito e Vice-Prefeito, nas eleições de 15 de novembro de 2020.

Nas redes sociais, o candidato Anísio Maia avisa que segue com a sua campanha e luta por uma nova João Pessoa. “Coragem não nos falta. Nunca negociei minhas convicções. Estou na política porque tenho coragem para lutar contra um sistema que impede o povo de participar das decisões importantes”, destacou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube