Fechar

logo

Fechar

Secretário não é chamado para compor mesa solene em evento do Governo do Estado

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 15 de outubro de 2020 às 15:40.

As rusgas entre o Cidadania e o PDT estão cada vez mais evidentes por conta do processo eleitoral em João Pessoa.

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (15), sobre a assinatura do governador João Azevêdo em contratos para a construção dos primeiros empreendimentos do Polo Turístico Cabo Branco, o secretário de Turismo, Gustavo Feliciano, não foi chamado para compor a mesa solene do evento realizado no Teatro Pedra do Reino na Capital.

Contudo, o secretário não se sentiu escanteado e que não via nenhum abalo administrativo, uma vez que o PDT resolveu apoiar a candidata do PV, Edilma Freire – cuja candidata a vice, Mariana Feliciano, é irmã de Gustavo Feliciano – e não o candidato do Progressistas, Cícero Lucena, apoiado pelo governador João Azevêdo.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O secretário de mostrou distante do processo político e disse que está focado no trabalho frente à Pasta do Turismo, com mais esse novo empreendimento denominado de Polo Cabo Branco.

“Isso vai ser uma benfeitoria que nós estamos trazendo para a população. Essa parte política do meu partido eu deixo a cargo dos representantes partidários para discorrer acerca disso”, tangenciou o secretário.

Indagado se ele não esperava ter mais atenção do governo, já que é um evento importante ligado à Pasta do Turismo, Gustavo respondeu:

“Não. O que eu espero de um evento desses é que sem sombra de dúvidas o Polo se torne realidade. Essas coisas menores de quem foi chamado ou não, isso não me preocupa, mas sim de poder estar junto com o governador João Azevêdo assinando esses contratos, mostrando para a Paraíba a efetivação desse sonho que se torna realidade”, destacou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube