Fechar

logo

Fechar

Prefeitável campinense se sente ameaçado e pede proteção à PF

Da Redação. Publicado em 29 de outubro de 2020 às 13:37.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A confusão no Patriota em Campina Grande não para de crescer.

Após a desistência da disputa pelo vice (Wanderley Bezerra), o capítulo mais recente é a impugnação da candidatura do prefeitável Edmar Oliveira, mesmo com o deferimento tendo sido publicado na semana passada.

Em nota divulgada ontem, Edmar afirma estar sendo vítima de uma “trama sórdida”, provocada pela direção estadual do partido, devido “a interesses individuais e pouco republicanos”.

Ele disse que em nenhum momento foi notificado de qualquer pendência com relação à sua candidatura.

O que houve – prosseguiu – foi “uma intervenção premeditada e criminosa” de seu ex-companheiro de chapa (Wanderley), que é presidente do partido em Campina, “em conluio” com a Executiva Estadual.

O atraso na formalização da desistência faria parte dessa “trama”.

O prefeitável solicitou “proteção à Polícia Federal, pois dado o fervor político teremos que noticiar verdades sobre pessoas com relativo poder no estado. Temo por nossa integridade física, já que (os fatos) são claros e devem ser de conhecimento de toda a sociedade paraibana”.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a coluna inteira desta quinta-feira, acesse aqui:

A tensão da ´segunda onda´

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube