Fechar

logo

Fechar

Petista aciona assessoria jurídica para reaver cargo de secretário estadual

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 29 de outubro de 2020 às 15:17.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O ex-secretário de Estado, Luiz Couto (PT) se disse inconformado com a forma como foi exonerado do governo do Estado da Paraíba e afirmou que vai acionar a Justiça para reaver o cargo de secretário em comissão da Pasta da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido.

Ele criticou a atitude do governador João Azevedo (Cidadania), uma vez que, ele estava de férias do cargo.

“Eu não iria pedir demissão, porque estava fazendo um trabalho que engrandece a secretaria e estava de férias porque é um direito que eu tinha e ele me demitiu durante o tempo em que estava de férias, por isso vou pedir a minha assessoria jurídica para verificar a irregularidade”, explicou.

Couto disse ainda que o governador alegou que a exoneração aconteceu porque ele havia debochado do governador e o desrespeitado ao estar ao lado de Ricardo Coutinho (PSB) para a prefeitura de João Pessoa.

“Ele foi quem desrespeitou a minha pessoa, que tem uma história na Paraíba e que tem um compromisso com os agricultores”, disse.

Conforme a Assessoria Jurídica de Couto, ele foi exonerado em gozo de férias e que o governador fez foi uma prática abusiva contrária à Legislação vigente.

O fato é que Luiz Couto tomou posicionamento e disse que estava tirando férias para trabalhar na campanha eleitoral do amigo Ricardo Coutinho, agora adversário político do governador João Azevêdo, que vem apoiando a candidatura de Cícero Lucena a prefeito de João Pessoa pelo Progressistas.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube