Fechar

logo

Fechar

O que é o fenômeno de audiência chamado Super Bowl?

Informe Publicitário. Publicado em 13 de outubro de 2020 às 14:36.

Foto: Divulgação

Jogo decisivo da liga de futebol americano profissional, bate recordes de audiência todos os anos, sendo sinônimo de sucesso de marketing e de público.

Desde 1967, a liga profissional de futebol americano (NFL) passou a ser disputada com uma final única, em campo neutro. A ideia surgiu após a fusão entre as 2 maiores ligas de futebol americano em 1966, a National Football League e a American Football League. A sugestão inicial do nome do jogo foi “The Big One”. Posteriormente, o presidente da AFL, Lamar Hunt, sugeriu o nome Super Bowl, a inspiração teria surgido de um brinquedo de seus filhos, chamado Super Ball e também porque o nome fazia referência ao “Bowl Game”, que era o nome dado aos jogos universitários pós temporada.

Com o passar do tempo, o Super Bowl se tornou o maior evento desportivo e de maior audiência televisiva do país, assistido anualmente por milhões de pessoas nos Estados Unidos. É também um evento que apresenta a publicidade mais cara da televisão mundial; patrocinadores desembolsam pequenas fortunas para exibirem suas propagandas no intervalo. O Super Bowl também é o dia que tem o segundo maior consumo de comida nos Estados Unidos, só atrás do Dia de Ação de Graças.

No ano de 2020, a final foi disputada entre o Kansas City Chiefs e o São Francisco 49ers, o confronto foi decidido com uma virada fantástica no último quarto de partida. O quarterback dos Chiefs, Pat Mahomes, foi responsável por comandar a sua equipe nos momentos derradeiros do embate, levando o time à vitória pelo placar de 31-20. É o primeiro título dos Chiefs desde a temporada de 1969.

Foto: Divulgação

O evento atraiu audiência televisiva de 102 milhões de pessoas, somente nos Estados Unidos. O número foi divulgado pela Fox Sports, que também transmitiu a partida na rede Fox Deportes (em língua espanhola) e na plataforma de streaming da Verizon. O fator audiência trouxe ao futebol americano, muitos anunciantes e maior influência no mercado de marketing e publicidade. Atualmente, um anúncio de trinta segundos durante o horário de exibição da partida custa em torno de 5 milhões de dólares.

As apostas esportivas (vindas comumente de sites de cassino online), também são um fator extremamente relevante na final do futebol americano. Segundo a PlayUsa, empresa que analisa o mercado esportivo, no ano de 2020, o Super Bowl movimentou cerca de 400 milhões de dólares relacionado às apostas. Quase que independente do segmento, o Super Bowl é, facilmente, o acontecimento esportivo mais rentável nos EUA, atraindo cerca de 6 bilhões de dólares em 2019.

O evento, porém, não conta somente com a partida em si, também há um show no intervalo da partida, que conta com uma mega estrutura montada as pressas, no meio do gramado. A organização e rapidez envolvida na montagem e remoção do cenário, faz com que o telespectador mais desavisado, nem sequer imagine que acabou de acontecer uma partida de futebol americano bem embaixo do palco.

As atrações convidadas para o show são do mais alto nível. Artistas como Michael Jackson, Shakira e Bruno Mars, já fizeram a alegria do público durante os intervalos dos jogos. A intenção da NFL é atrair uma audiência em torno do evento em si, não apenas pessoas interessadas no esporte, mas incluir e aglutinar os interesses tanto esportivos, quanto mercadológicos do futebol americano.

O conteúdo acima é de inteira responsabilidade do anunciante.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube