Fechar

logo

Fechar

Candidato do PT/JP: “Não tenho nada a esconder e não tenho medo de nada”

Da Redação. Publicado em 16 de outubro de 2020 às 22:01.

Foto: Paraibanline

Foto: Paraibanline

O candidato a prefeito de João Pessoa pelo Partido dos Trabalhadores, Anísio Maia, comemorou a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de ignorar o recurso posto pelo diretório nacional do PT a respeito do apoio à candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) em João Pessoa. Ele disse que a sua candidatura foi registrada da forma correta e nunca houve o receio de que a mesma fosse retirada.

– Essa é a quinta que nós ganhamos e ganhamos fácil, porque a coisa foi tão bem organizada que não há como julgar diferente – colocou.

O petista frisou que a intervenção no diretório do PT “é uma tentativa de passar para a opinião pública que a nossa candidatura passa por dificuldades”. Ele citou que a intervenção não afeta a sua candidatura e ressaltou a liderança de apoio que o seu nome reúne.

– Enfrento qualquer debate, pois não tenho nada a esconder e não tenho medo de nada. Tenho uma vida que, você pode investigar, desde a minha infância, foi lutando ao lado dos movimentos sociais e pela democracia. Para mim, eu não tenho medo de debater absolutamente nada, pois não tenho nada a esconder – pontuou.

Anísio destacou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que o PT realizou diversas políticas que beneficiam João Pessoa até hoje, como projetos de creches, Upas e programas habitacionais.

O prefeitável defendeu que todos os bairros tenham acesso a creches e toda a população tenha o mesmo acesso à educação. Ele citou que, se eleito, vai valorizar os professores com melhorias no salário e nas condições de trabalho.

– Temos que duplicar o salário dos professores. Esse salário é incompatível com o trabalho que é desempenhado por esses profissionais – disse.

Anísio destacou que defende o fortalecimento do SUS e da saúde pública como um todo, frisando que o Trauminha de João Pessoa sofre hoje com “a total falta de planejamento”.

Ele defendeu que, inicialmente, seja criado um sistema que alivie o fluxo de atendimentos que são destinados ao Trauminha e sejam realizados concursos para profissionais destinados às equipes de Saúde da Família.

O prefeitável citou que é preciso que um conselho de mobilidade urbana seja criado e haja um enfrentamento ao ‘monopólio’ que existe hoje nas empresas de transporte público de João Pessoa. Também disse que é inconcebível que os investimentos públicos não sejam divididos igualmente para todos os bairros de João Pessoa atualmente.

– Os bairros não podem ser esquecidos. É preciso que haja urbanização nos bairros periféricos, com iluminação, calçadas e equipamentos de uso social. Tem que ter democracia na hora de distribuir os recursos. Vamos estabelecer um conceito democrático de distribuição: dependendo da população, é o tamanho do recurso – pontuou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube