Fechar

logo

Fechar

Auxílio emergencial: maior redução da extrema pobreza em 40 anos

Da Redação. Publicado em 19 de outubro de 2020 às 22:50.

Foto: Daniel Isaia/Agência Brasil

Foto: Daniel Isaia/Agência Brasil

Com praticamente metade da população recebendo o auxílio emergencial, a proporção de pessoas vivendo abaixo da linha de extrema pobreza nunca foi tão baixa em pelo menos 40 anos. 

O fim da distribuição do benefício neste segundo semestre tende, porém, a provocar um repique no indicador, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

Outras pesquisas do IBGE – com metodologias diferentes e limitações comparativas -, divulgadas recentemente pelo Jornal Valor Econômico, sugerem que a miséria está no menor nível desde, ao menos, o início da década de 80. 

No final de semana, os principais jornais do país noticiaram a existência de articulações no Congresso Nacional para que haja a concessão de mais três parcelas mensais do auxílio em 2021 – de janeiro a março. 

Na verdade, o governo federal vive o dilema da falta de recursos para postergar indefinidamente o auxílio, de um lado, e a espiral positiva da imagem do presidente na outra ponta.

*Com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza.

Leia a coluna completa desta 2ª feira acesse aqui:

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube