Fechar

logo

Fechar

SES realiza acolhimento psicológico para a população durante a pandemia

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 29 de setembro de 2020 às 18:28.

Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibiliza, desde o mês de março, o suporte psicológico para profissionais de saúde que estão na linha de frente contra o novo coronavírus (Covid-19).

Recentemente, o serviço foi ampliado para profissionais de todas as áreas e agora está disponível para toda a população, para que pessoas com tendência a transtornos de ansiedade, depressão possam buscar acolhimento neste período de pandemia.

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, e das13h30 às 16h30, no telefone (83) 9 9146.2469.

De acordo com o psicólogo clínico e técnico da coordenação estadual de Saúde Mental da Paraíba, Lucílvio Silva, a equipe da SES vem realizando ações para ampliar a atenção de apoio preventivo neste momento da pandemia.

“Desde abril, fazemos o contato com as gerências, coordenações de serviços, para a ampliação da oferta de atenção, num apoio preventivo para este momento que estamos vivendo, seja para usuários, ou não, dos serviços de saúde mental”, ressalta.

Ainda em razão dos reflexos da pandemia do coronavírus, este ano as abordagens sobre o Setembro Amarelo, mês alusivo à conscientização sobre suicídios e transtornos mentais, ganhou uma projeção ainda maior.

O suicídio é o agravamento de doenças relacionadas à saúde mental, e as medias adotadas por conta da Covid-19 podem piorar certos quadros de ansiedade ou depressão. Só este ano, foram registrados 93 casos na Paraíba entre os meses de janeiro e maio.

“Para a Saúde Mental do Estado, o mês de prevenção e cuidados em torno do suicídio remetem a fortalecer o que fazemos o ano todo. É importante olhar para as pessoas e pensar no coletivo, é importante lembrar que saúde mental é uma responsabilidade de todos, pois ninguém adoece sozinho, nem sofre sozinho ou se cuida sozinho, é um problema de todo mundo e no caso do suicídio pode ser um caso de abandono, é preciso repensar isso coletivamente”, reforça o psicólogo.

A saúde mental não é um problema isolado, porém diversos fatores podem contribuir para o agravamento ou mesmo desencadear transtornos da mente, que podem culminar em tirar a própria vida.

“Este momento de pandemia é desafiador em diversos aspectos, tanto para profissionais de saúde, educadores, quanto para a população, uma vez que há um contexto de tensão em relação ao vírus e as relações humanas podem agravar conflitos já existentes, onde muitas vezes estão na própria família, e estar isolado num contexto como este, faz as pessoas sofrerem mais neste momento de pandemia”, finaliza.

Diversas situações contribuem para a manutenção dos cuidados com a saúde mental, o bem-estar físico, biológico e social ajudam a manter esse equilíbrio.

É importante que as pessoas que estão em algum tipo de sofrimento procurem ajuda. A população pode recorrer ao acolhimento do estado através do telefone (83) 9 9146.2469, ou mesmo ao Centro de Valorização a Vida (CVV), pelo número 188.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube