Fechar

logo

Fechar

Secretário vai acionar a Justiça contra a abertura de Universidade particular em Cabedelo

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 30 de setembro de 2020 às 17:44.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros vai acionar a Procuradoria Geral do Estado e o Ministério Público contra a abertura de uma universidade particular no município de Cabedelo.

Segundo ele, é uma atitude preocupante, uma vez que o descumprimento do decreto estadual exige que a Justiça seja provocada para que sejam tomadas as providências.

“O Supremo Tribunal Federal já disse que o município deve respeitar o decreto estadual. Então, no momento em que estamos ainda sobre vigilância e monitoramento e ao longo desses sete meses a Paraíba tenha executado suas ações baseadas em evidências científicas, que permitiram sempre existir leitos disponíveis para os paraibanos quando necessitasse. O retorno às aulas presenciais é o segmento que mais acarreta a disseminação do vírus”, explicou.

Segundo Medeiros, a Secretaria Estadual de Saúde está no firme propósito de só autorizar aulas presenciais, após o resultado final do inquérito sorológico que será iniciado em breve junto a dois mil lares paraibanos, nos quais existem a convivência sob o mesmo teto de crianças, adolescentes, idosos ou pessoas com doenças associadas.

Outro ponto questionado por ele é que existem mais de mil casos de Covid-19 não explicados em Cabedelo.

“O maior agravante é que a Secretaria Municipal de Cabedelo tem mais de mil casos que não foram notificados e não se sabe o quantitativo de recuperados. Cabedelo não dispõe de leitos de UTIs e, consequentemente, irá sobrecarregar a cidade de João Pessoa”, concluiu o secretário.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube